Psicologia e Ciência Contemporânea, estudo e crescimento de alma Este blog foi criado para aqueles que estão despertando e para os que já estão despertos à Nova Era e à nova consciência. O AMOR INCONDICIONAL, a Compreensão e a Compaixão são os princípios da nova consciência e o acesso a 5ª Dimensão e Dimensões superiores é concedido para todos e é gratuito, e nada está lá fora, tudo está dentro de você e é só acessar. Não precisamos mais de Mestres. Somos nossos próprios Mestres. Seja bem vindo. SOMOS TODOS UM ! PAZ e LUZ! Namastê! Gratidão! Muito Obrigada!

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

O SER DA NOVA REALIDADE ESPIRITUAL





Agosto 25, 2016







A Transição Planetária, acontecimento inevitável que já está ocorrendo, mas que as mudanças mais visíveis e identificáveis ainda virão em breve, é um fato cósmico individual de interesse em nossa vida, porque geralmente nós não estamos nos sentindo à vontade neste mundo, nessa cultura, nessa maneira de viver, neste corpo que nós estamos vestindo no momento. Por isso, a oportunidade que nós nos demos pode ser ampliada a um ponto tal que quando nós entramos no cinturão de fótons, no novo padrão vibratório, nós tenhamos passado esse período mais sombrio sem deixar muitas sequelas traumáticas em nosso ser. A questão não é ficar ou não ficar desencarnado, todo mundo vai desencarnar algum dia, a questão é ter um mundo melhor para reencarnarmos depois, ou para ficarmos encarnados. Esse mundo melhor é inevitável.

Agora nós não esperamos aquele aspecto cataclísmico, nós esperamos o aspecto de mudança vibratória. No entanto, até essa mudança vibratória nós podemos passar por algumas dificuldades, não no sentido de ameaça ao planeta, mas dificuldades no sentido de viver numa cultura ruindo, é essa dificuldade que nós vamos poder sofrer agora mas, quanto mais consciência nós tivermos, menos seremos atingidos pelas dificuldades ambientais de uma cultura em desorganização, uma cultura em início de caos, ou com pleno caos, mas já é muito mais abrandável do que estava aí a nossa frente. Se nós mantivermos essa faixa vibratória em crescimento em nós, até mesmo as dificuldades culturais poderão ser abrandadas, individualmente, pelo nosso comportamento, pelo nosso sentimento, pelo nosso padrão de entendimento da realidade.


Por isso, o que é que nós podemos fazer agora, para melhorar mais ainda?

De acordo com as nossas possibilidades interiores, de acordo com o nosso amadurecimento consciencial, procurar se aprimorar ao máximo para estimular o lado positivo da gente, o lado bonito, o lado amoroso, o lado desapegado, o lado compreensivo, tolerante, paciente, desenvolver a nossa conexão com Deus, não importa a religião que a gente siga, ou nenhuma, nenhuma instituição ou ordem estabelecida, mas que nos conectemos conscientemente, que ancoremos nesse corpo nossa consciência divina, nossos corpos de luz, que possamos ser guiados internamente, que nossos pensamentos, que nossos sentimentos possam ser guiados pelos nossos corpos luminosos, pela nossa consciência superior. Mas não como uma coisa fraca, como uma coisa teórica, mas como uma coisa que a gente pratique ali, com nossa mãe, com nosso pai, com nossos irmãos, com os nossos filhos, com nosso vizinho, com o porteiro do prédio, com o síndico, com o condutor do veículo que está dividindo a estrada com a gente, com a pessoa do comércio, com as nossas relações profissionais. 

O esforço agora tem que ser no sentido em que essa conexão aumente, mas não teoricamente, não dogmaticamente, uma coisa que flua espontaneamente, mas que a gente possa, com a vontade direcionada, ampliar esse estado de espírito positivo. Isso vai gerar uma vibração tão boa, que vai equilibrar essa balança da mudança, fazendo com que aquela carga negativa de muitos que não estão conseguindo elevar suas frequências vibratórias, que ela não penda muito a balança do equilíbrio das culturas, das populações. 

Doenças, conflitos regionais vão acentuar, isso é inevitável. Quem não se harmonizar com as forças cósmicas não vai conseguir se manter vivo por muito tempo nesse corpo. 

Chegou o momento: ou entra em harmonia ou a roda das Leis da Vida esmagará o indivíduo, ou a população em questão.

Cada vez mais pessoas vão despertar para ver que não é o que elas têm, não é o que elas sabem que realmente será a credencial para sua felicidade, a felicidade não depende do que se tem nem do que se sabe, muito menos em saber se vai ter comida para pôr no estômago ou não. Por incrível que pareça vamos descobrir isso. Por isso, para nós nos prepararmos para transição basta mantermos o nosso crescimento interno no ritmo das nossas possibilidades… o inevitável está se desdobrando ali, em breve nós seremos alcançados por esse inevitável. 

A mudança já está ocorrendo, no entanto esse período de ajuste, ele será turbulento. Se tivermos estabilidade interior a turbulência externa não nos afetará tanto, se não tivermos estabilidade interior, a turbulência externa nos afetará.

Por isso, a sua responsabilidade é com você mesmo, não é com mais ninguém. O outro será uma consequência do seu crescimento, você agirá de forma mais harmônica com o próximo porque você está harmonizado. Então, isso é fundamental: direcione para se auto aprimorar. Naturalmente que não é auto aprimorar egoisticamente, auto aprimoramento e egoísmo não andam juntos. 

A gente se auto aprimora exercitando AMOR. 

Amor é uma coisa importante para elevar a nossa frequência vibratória, sem Amor não se eleva a frequência vibratória. A mudança vai ser interna. No mundo inteiro as pessoas, que de repente tinham uma vida bem comum, começam a questionar aquela maneira inconsciente de viver, e começam a demonstrar um padrão de consciência maior.



SINTOMAS DO SER ESPIRITUAL ACERCA DAS ENERGIAS DA TRANSIÇÃO PLANETÁRIA

• Não tem ligação nenhuma com qualquer religião ou dogma, reconhecendo suas mentiras e manipulações.
• Aceita apenas ensinamentos que tragam soluções espirituais, fundamentados no verdadeiro conceito de liberdade e não na ameaça, medo e destruição.
• Aceita os ensinamentos de mestres, filosofias e líderes espirituais sem importar a origem, porém sem idolatra-los.
• Aprimorou seus conhecimentos históricos e filosóficos reconhecendo a diferença entre DEUS-FONTE e TODAS as falsas divindades nas quais estão fundamentadas as religiões e culturas no planeta.
• Sabe que não é mais preciso o apadrinhamento cósmico, sabe que a solução dos desafios e respostas se encontra em cada um e não num ser celestial, entidade, santo, guia etc.
• Reconhece sua essência e multidimensionalidade aceitando conselhos apenas do seu grande professor: seu EU SOU.
• Sabe que os segredos da criação estão na natureza e que só é possível alcançar seus conhecimentos no perfeito respeito e comunhão com o planeta e todos os seus reinos.
• Não aceita o KARMA.
• Não tem mais CULPA.
• Conhece como funciona a matrix e as artimanhas dos seres que dominam o planeta.
• Reconhece a sua força e poder de criar.
• Cuida de seus pensamentos e sentimentos.
• Caminha rumo à misericórdia e amor incondicional.
• Luta pela verdade e liberdade.
• Não tem mais preconceitos.
• Reconhece-se como parte da Criação, merecedor do bom e do melhor.
• Sabe da responsabilidade de ajudar ao próximo, porém sem hipocrisias e falsa caridade, apenas se limitando àquilo que se encontra a seu alcance.
• Respeita a vida. Por isso se preocupa pela sua saúde, alimentação e cuidado energético.
• Reconhece a espiritualidade como um atributo intrínseco à alma, por isso sabe que é um ser espiritual capaz de extravasar todos os limites condicionantes tendo possibilidade de alcançar a sabedoria e iluminação.

Esses são alguns dos “atributos” e características do Ser Humano desta Nova Era ESPIRITUAL, onde nos aprofundaremos cada vez mais na verdade e na responsabilidade da consciência da nossa Co-Criação. Quando também saberemos a importância da nossa presença no planeta, o que nos levará à libertação definitiva da matrix ou rede que foi criada para nos prender nessa falsa realidade. Estaremos, assim, entrando numa Nova Realidade Espiritual onde a Vida, o Amor, a Liberdade e o Respeito imperarão nas nossas vidas.



Fonte : TEMPLO DO SOL





Postagem : Mostradores da Luz









quinta-feira, 18 de agosto de 2016

EMOÇÕES - O SEGREDO NAS CRÔNICAS DO TEMPO - Mensageiros do Amanhecer - capítulo XIV - Barbara Marciniak






Agosto 18, 2016








Existem seres neste universo que ainda não descobriram as emoções humanas. Quando vocês visitam terras antigas e observam as criações de outras épocas, podem sentir as freqüências e as vibrações inerentes a estes locais. Vocês sabem que lá existem chaves, sabem que existem mensagens - que há algo guardado dentro daquilo que outrora existiu, e irá revelar-se novamente. Da mesma forma, os seres humanos possuem escondido dentro de si algo de enorme valor para a evolução do universo. 

Estamos nos referindo a tais dados como códigos e números mestres: fórmulas geométricas de luz essenciais à recriação e produção de formas de vida por todo o universo. Os seres humanos foram largados, escondidos e esquecidos desde os primórdios dos tempos, desde que seu DNA foi rearranjado. E aqueles tempos foram esquecidos. Vocês ficaram de quarentena, como se estivessem nas masmorras do tempo por um período tão longo que, ao despontarem as novas eras, ninguém mais se lembrava que vocês estavam lá. 

Contudo, há os que não esqueceram. Enviaram vocês com a missão de mudar tudo: trazer de volta a memória e o valor da existência humana à frente da criação. Vocês são necessários por serem portadores de algo que muitas outras espécies desconhecem inteiramente: a emoção. E, do mesmo modo que vocês precisam trabalhar juntos para atingirem individualmente a plenitude e a riqueza do ser multidimensional, existem seres tentando impulsionar o universo inteiro para uma nova oitava - buscando criar um novo território. 

Os Guardiões do Tempo sabem onde os dados estão guardados, e vocês foram encontrados; foram escolhidos para trazê-los à luz. Nós avançamos - ou retrocedemos em relação a nosso tempo - para dar assistência àqueles cuja missão é desvendar os anais do DNA humano. Estamos aqui para ajuda-los a rearranjar o DNA no vosso interior, para então se tornarem parte da Biblioteca Viva. 

Como já foi mencionado, o que está ocorrendo na Terra irá afetar muitos lugares. A energia enviada neste momento destina-se a redirecionar determinadas forças universais que, ao se alinharem, conduzirão este universo à conscientização simultânea de sua identidade. O que existe na Terra pode ser comparado a um segredo escondido nas crônicas do tempo, relacionado à emoção. Nesta dádiva da emoção há riqueza e abundância; há uma capacidade incrível de se transcender realidades diferentes e vivenciar estados de consciência inteiramente diversos. As emoções permitem que certas energias se liguem, se misturem, se fundam e percebam a si mesmas. Sem emoção, tal ligação não existiria. 

Existem seres muito antigos no universo que perceberam a essência do planeta Terra. Eles vêm trabalhando há éons. São veneráveis anciões, mesmo para nosso sistema, respeitados como homens e mulheres de grande sabedoria, no conceito de vocês, embora não sejam, de fato, homens nem tampouco mulheres. São considerados Guardiões da Existência deste sistema. São eles que fazem os movimentos e dirigem o sistema, como um capitão dirige o navio. Eles guiam o universo em seu curso; este é o seu trabalho. Assim como vocês têm o vosso trabalho, o deles é dirigir este universo rumo à descoberta. A partir do próprio aprendizado e da própria jornada, eles descobriram que precisam entrar em contato com outros universos. 

Há um plano que consiste em impulsionar e enviar energia para experiências novas. Neste momento, a Terra e vários outros sistemas onde vocês existem simultaneamente, servem como instrumento no renascer da emoção, com o propósito de compreender todas as identidades condensadas em uma só. Os universos estão descobrindo o que são capazes de fazer quando se unem e realizam um trabalho conjunto, da mesma forma que vocês estão descobrindo o que podem vir a ser. Não existe uma ideia preconcebida sobre aquilo que vai acontecer. 

Trata - se de um novo território. 

A emoção é a chave de tudo isso. Como seres humanos, vocês precisam da emoção para entrarem em contato com Eu espiritual. A emoção é essencial à compreensão da espiritualidade porque emoções geram sentimentos . Os corpos mental e físico estão estreitamente ligados, da mesma forma que o estão os corpos emocional e espiritual. O corpo espiritual é aquele que existe além dos limites físicos. Vocês precisam da emoção para compreender o não-físico, e é por isso que as emoções têm sido tão controladas neste planeta. Foi-lhes oferecido muito pouco espaço emocional, e vocês foram incentivados a se sentirem impotentes e amedrontados. 

Muitos de vocês não querem ultrapassar estas barreiras emocionais nem superar seus limites pessoais porque crêem poder ser doloroso. Gostariam de dizer "abracadabra" e que, num piscar de olhos eles desaparecessem. A dor traz-lhes sentimentos. Se não conseguem sentir de outras maneiras, algumas vezes, para chamar sua atenção de seres humanos teimosos, vocês criam a dor para mostrar a si mesmos toda a gama de suas capacidades e para trazê-los à vida. Desse modo, conseguem sentir a riqueza de estarem vivos. 

A maioria dos seres humanos tem medo de seu centro emocional, ou centro do sentimento; tem medo de sentir. Confiem em vossos sentimentos, não importa quais sejam eles Tenham confiança de que eles o guiaram acreditem que os sentimentos podem levá-los à realização. Todos querem estar dentro e fora da vida ao mesmo tempo. Costumam dizer: "Quero ficar aqui e ser uma pessoa poderosa, mas não quero sentir nem participar muito porque posso me machucar, ser sugado. Não confio na vida”.

Quando ultrapassam o medo dos sentimentos, superam os julgamentos e permitem aflorar tudo o que sentem, conseguem uma tremenda abertura porque podem levar os sentimentos para outras realidades. Se quiserem conseguir uma aceleração, mergulhem em algo que provoque sentimentos. Parem de contornar o assunto, achando que está tudo sob controle. Mergulhem bem no meio do sentimento, para poderem perceber se o estão controlando mesmo.

Não se trata de não saber sentir, o que ocorre é que vocês têm medo dos sentimentos. Não sabem o que fazer com eles quando aparecem. Como lhes trazem uma sensação de impotência, os associam com a expressão: "Ah, não, que droga!" Quando surge uma emoção que provoca dor ou raiva no vosso sistema de conceitos, a rotulam de nociva. Chega de pisar em ovos e evitar as emoções!

A raiva tem um propósito todos querem detoná-la e agir como se fosse uma_coisa ruim. Comportam-se como se a raiva fosse uma verdura podre,um lixo a ser enterrado no quintal, como se não houvesse um propósito em sua existência. Insistimos em enfatizar que existe um propósito para o medo e um propósito para a raiva. Se se permitissem vivenciar e expressar os vossos medos ou o que pode levar à expressão da vossa raiva, aprenderiam alguma coisa. Quem evita desesperadamente o medo e a raiva, quem realmente teme estes sentimentos, tem muito o que aprender com essas emoções. São técnicas que lhes permitem superar os limites pessoais de comportamento e identidade e vocês simplesmente têm medo de experimentá-las.

Vocês querem ser aceitos o tempo todo. Acham que ninguém vai apreciá-los, caso sintam ou façam certas coisas e por isso não se permitem tais sentimentos. A raiva vem daí. Sentem raiva porque emitem julgamentos em relação ao que podem, ou não fazer. Se não se permitirem sentir, não poderão aprender. São os sentimentos que os ligam à vida.

Os sentimentos servem a vários propósitos dos seres humanos. Incentivamos todos vocês a acreditarem, cultivarem e confiarem em seus sentimentos. Devem encará-los como bilhetes de viagem para realidades multidimensionais, onde precisam ir, caso estejam jogando este jogo para valer. Nas realidades multidimensionais aprendem a focalizar e manter simultaneamente muitas versões diferentes de si mesmos. Os sentimentos são capazes de transportá-los a estes lugares, especialmente aqueles em que vocês confiam. Deixem aflorar todos os vossos sentimentos e, ao invés de os julgar, permitam-lhes que se manifestem para poderem observar aonde eles podem levá-los, ou o que eles podem fazer por vocês.

Quando sentem medo de alguma coisa, evitam experimentá-la, erguendo uma muralha onde se pode ler: "Se eu for lá, vai ser ruim." E pisam no freio. Na verdade, o medo que sentem acaba energizando a experiência no nível do desenvolvimento de cada um, pois todo o pensamento assume forma de acordo com a influência emocional a que está sujeito. Por isso, às vezes, o melhor que se tem a fazer é simplesmente dizer: "Bem, vou entrar nessa. Eu me entrego." Depois, então, dediquem-se a estar lá, sem se preocuparem em estar ou não centrados enquanto estiverem mergulhados no centro do sentimento. Se pretendem entrar no vosso centro do sentimento e manter tudo sob controle, não estarão permitindo a si mesmos a amplitude de movimentos necessária para aceitar as emoções que derrubam as limitações e preconceitos.

A raiva tem o seu propósito. Ela não acontece por acaso, nem a dor acontece por acaso. Ambas os levam a alguma situação. Intencionalmente, podem entrar no centro do vosso sentimento e aprender a permanecer centrados ali, enquanto exploram as oportunidades que se apresentam. Se vocês disserem: "Vou permanecer centrado lá", isto soa como se não permitissem nenhum movimento ali dentro. Em vez disso, proponham-se simplesmente a ter um centro. Ter um centro não significa que as coisas não flutuem; significa que vocês lhes permitem flutuar. Vocês decidem se o barco vai naufragar, ou navegar em águas calmas. Comandam os acontecimentos, portanto a calma ou a agitação destes acontecimentos independem de vocês. As vossas emoções não alimentam apenas os outros, são fonte de alimento para o Eu. É assim que vocês se alimentam e criam a vossa identidade. Esta é a vossa identidade como freqüência através das vossas emoções. As emoções os alimentam e dão vida ao prefixo da vossa estação transmissora.

Vão ter de lidar com cada uma das vossas limitações, simplesmente porque não querem fazer isso. Adorariam dizer: "Poeira dourada das estrelas, elimine minhas limitações. Bum! Estou livre”! Na teoria, isto seria simples. Trata-se do exemplo clássico de se evitar o centro do sentimento.

Vocês possuem sentimentos e preconceitos emocionais que ajudam a criar limites externos; por isso, quando rompem uma barreira, precisam enfrentar a emoção que originou o limite. É através do corpo emocional que contatam o corpo espiritual. Para ultrapassarem as dificuldades, precisam sentir todo o processo.

Na verdade, as dificuldades são jóias preciosas. Mesmo descobrindo que têm 101.000 limitações, não devem sentir-se frustrados. Digam apenas: "Que interessante". Olhem para elas e, em vez de amaldiçoá-las, observem-nas simplesmente e tentem descobrir como apareceram. Descubram a que propósito elas serviram - em que mercearia foram compradas estas mercadorias.

Quando reconhecem, identificam e desejam liberar alguma coisa, a mudança acontece. Quando existe apego ou medo, ou pensam: "Gosto deste limite; está me servindo muito bem", vocês criam as limitações. 

Precisam aprender a amar as vossas emoções. Quando rotulam alguma coisa como difícil, vocês a tornam difícil. Não são os outros, são vocês mesmos. Persistem em resistir e julgar as mudanças que surgem. Sentem que não sabem o que está surgindo, e não querem perder o controle. O controle é algo muito conveniente e muito prático. Deve ser aplicado na hora certa, no lugar certo, como uma cola instantânea. Já alguma vez colaram os seus dedos, ou os lábios, com uma cola instantânea? Precisam aprender a exercer o controle, da mesma forma que usam a super cola. Se se lambuzam com uma super cola, ficam grudados e nada podem fazer. O mesmo acontece com o controle: ele os prende a coisas às quais vocês absolutamente não precisam ficar presos. Devem ser muito seletivos em relação ao que decidirem ou não controlar. O antigo padrão do ser humano, ou o paradigma existente, afirma que "Vocês têm que assumir o controle”.

Vocês precisam das vossas emoções. Devem ficar seus amigos porque, através dos sentimentos podem subir a escada que os leva ao Eu multidimensional, ao sistema de doze chakras e a explorar o que descobrirem, por intermédio dos sentimentos que detectam se algo está ou não funcionando. A mente lógica não perceberá certos acontecimentos se o corpo não estiver ligado aos sentimentos. São os sentimentos que registram a alteração da freqüência, não a mente lógica. 

Vocês estão vivenciando o despertar de uma alteração de freqüência. Estão sendo levados a mudar diversas áreas de suas vidas, a abandonar muitas coisas. Não devem resistir a estas mudanças, nem sentir que perderam o controle por desconhecerem o que está por vir, ou por acharem que estão tomados pelas emoções. As vossas emoções estão apenas querendo lhes mostrar algo; vocês não gostam, porque acham que elas estão interferindo em suas vidas, ou que podem constrangê-los.

Fiquem espertos. A próxima vez que se depararem com uma destas situações emocionais, digam imediatamente: tudo bem, sei o que está acontecendo; desta vez não caio nessa. Sei que existe alguma coisa aqui para eu aprender, alguma coisa que devo mudar. Acredito que estou sendo guiado, que estou executando um projeto, portanto vou procurar o que devo aprender, sem julgamentos, seguindo o fluxo. Peço que todas as minhas mudanças venham com alegria, segurança e harmonia. Este é o meu decreto. Ele abrange tudo aquilo que eu quero em minha evolução: eu vivo a alegria, a segurança e a harmonia. “Por isso, sigo com essa energia e vejo o que está mudando para mim e o que preciso abandonar.”

Como as vossas memórias não estão claras e vocês não cultivaram a confiança interior, fecham-se, porque não percebem que estão sendo preparados para a mudança. É imperativo que confiem no centro do sentimento e trabalhem com ele. Quando "algo" aciona o vosso centro do sentimento e os incomoda, devem enfrentar os sentimentos que os desagradam. Esta é a vossa essência. Estes sentimentos constituem as vossas jóias, tesouros, pedras preciosas, onde vão encontrar ensinamentos acerca da vossa identidade. São o vosso trampolim e a vossa relação com eles nunca terá fim. Não podem jogá-los fora e dizer: "Hum, não gosto desse ser que eu era”! Mas podem alterar o Eu que conseguiu perceber estas realidades. À medida que se forem tornando conscientes e adquirindo uma compreensão mais ampla sobre quem são, poderão olhar para trás, observar tal entidade naquela época e ter uma percepção completamente nova de quem eram então. Este é um processo contínuo. Irão começar a percebê-lo uns nos outros.

Respeitem os vossos amigos quando atravessam o processo deles, mas não se envolvam. Se for o caso, tomem uma atitude, mas não ajudem os outros a prolongarem seus dramas. É tempo de ultrapassar os vossos obstáculos, não de manter a peça em cartaz por um ano. Sugerimos que contem as vossas histórias uma, duas ou três vezes no máximo. Não precisam contar tudo para todo o mundo, pois as outras pessoas também estão atravessando os seus processos. Quando ficam falando sobre os vossos problemas, deixam escapar uma oportunidade, porque falam em vez de fazer e ver sobre o que estão falando. Ao contar para todo o mundo o que está acontecendo, vocês estão simplesmente querendo chamar a atenção, e não precisam fazer isso.

Os acontecimentos não param e vocês nunca colocam um ponto final neles, porque são as "vossas coisas". Se em determinado momento sofrem, garantimos que, ao se depararem com uma situação semelhante no futuro, terão adquirido uma compaixão jamais experimentada. Irão enxergar a situação a partir de uma perspectiva completamente diferente.

O que está vindo à tona agora são as coisas que originalmente os impediam de perceber a realidade. São partes do vosso corpo emocional onde as vias de comunicação foram cortadas/bloqueando o fluxo de informações. Isto lhes causou sofrimento e acabaram transferindo a dor emocional para o corpo físico. Recomendamos a todos que desenvolvam um trabalho corporal. O trabalho corporal traz a energia cósmica para o corpo físico, distribuindo-a depois para os outros corpos mental, psíquico, emocional e espiritual - fazendo com que a freqüência energética se ajuste. No momento em que a freqüência energética se encaixar, se não bloquearem a memória celular e permitirem que a energia penetre em seus corpos, essa energia irá percorrer vossos chakras e alimentar o vosso corpo com as informações que possui. Quando sentem medo, se fecham, culpam as outras pessoas ou negam as emoções, vocês empacam. Nesse caso, mesmo que a luz inunde os vossos corpos, ela não corresponderá à freqüência energética. Penetram então, no caos, e todo o mundo se afastará, porque estarão emanando caos. No entanto, o caos é um bom lugar para se estar; não há nada de errado com ele, desde que não permaneçam ali para sempre.

Quando negam as emoções, estão pedindo que grandes mudanças da Terra ocorram em vossa psique. Quando permitem que ocorra um tornado aqui, um furacão ali ou uma erupção vulcânica por aí, estão conferindo liberdade de expressão às vossas emoções, não lhes permitindo voltar contra o seu ambiente pessoal.

Os sentimentos constituem o elemento de ligação entre vocês e a vossa natureza humana; os sentimentos os ligam às vossas emoções. E, neste plano da existência, as emoções ligam vocês ao vosso corpo espiritual. As emoções e os sentimentos são a chave para se estar vivo nesta realidade. Existem muitas realidades onde não há emoções; nesta realidade, porém, as emoções são a maior dádiva que receberam. Se negam o vosso Eu emocional nesta encarnação, é melhor admitirem a derrota. Se não o assumirem, nunca conseguirão participar do jogo de que estamos falando. Farão simplesmente parte da massa que assiste televisão e se considera vítima o tempo todo. Se o vosso corpo emocional estiver sofrendo, perguntem-se qual a razão da dor, a que propósito ela está servindo e por que escolheram criar dor através das vossas emoções. Por que não escolhem criar alegria? Tudo é uma questão de escolha .


(Continua ...)


SOBRE O AUTOR 

Os Pleiadianos são um conjunto de extraterrestres do sistema estrelar das Plêiades. Eles vêm falando através de Bárbara Marciniak desde 18 de maio de 1988; dizem ter sido concebidos na Convergência Harmônica e nascidos em Atenas, na Grécia, nove meses depois. O conjunto Pleiadiano era originalmente composto por cerca de setenta e cinco a cem entidades. Agora frequentemente referem-se a si mesmos como Pleiadianos Plus, indicando uma união de forças com outros extraterrestres. Os ensinamentos dos Pleiadianos podem ser relacionados ao xamanismo, a consciência corporal da antiguidade que serviu de intermediário entre o plano físico e o espiritual, levando as pessoas ao auto-descobrimento em mundos de paradoxo, mudança de paradigma e espiritualidade. Bárbara Marciniak, da Carolina do Norte, é conhecida internacionalmente como canal mediúnico. Ela começou a canalizar em maio de 1988, em Atenas, na Grécia, na conclusão de uma viagem de três semanas pelo Egito antigo e pela Grécia. Durante a viagem, Bárbara sentiu o impulso de vivenciar novamente, nesta encarnação, determinados templos e locais energéticos - a Grande Pirâmide de Gizé, os templos ao longo do Nilo, a Acrópole em Atenas e o oráculo de Delfos. Desde então, Bárbara tem conduzido aulas, sessões e workshops nos Estados Unidos e organizado viagens a locais energeticamente sagrados no Peru, México, Egito, Grécia, Bali e Austrália. Ela sente que estes lugares possuem conexões com os vórtices energéticos que contêm a sabedoria da mente superior, das idéias mais elevadas que a Terra, atualmente, está buscando recriar.

Bárbara considera sua experiência com os Pleiadianos uma dádiva de valor inestimável. Este trabalho deu-lhe a oportunidade para sua transformação pessoal, global e cósmica, por isso sua gratidão não tem limites. Para maiores informações sobre o cronograma dos cursos de Bárbara e suas fitas gravadas, favor enviar um envelope selado para: Bold Connections P.O. Box 6521 Raleigh, NC 27628 USA Para maiores informações sobre os roteiros e cronogramas das viagens de Bárbara aos locais sagrados do planeta, por favor, contatar: Power Places Tours 285 Boat Canyon Drive Laguna Beach, CA 92651 USA



Links relacionados:



Capítulo III :  QUEM SÃO OS NOSSOS DEUSES ?

Capítulo V :  QUEM CONDUZ O FIO DE LUZ ?

Capítulo VI :  DESVENDANDO A HISTÓRIA

Capítulo VII :  A FUSÃO MULTIDIMENSIONAL

Capítulo VIII :   FORA A TIRANIA SUPREMA

Capítulo IX :  NOVAS FRONTEIRAS PROFUNDAS

Capítulo X : UM NOVO PARADIGMA DE LUZ

Capítulo XI : O NOME DO JOGO

Postado por: Sônia L Pereira


Publicação : Mostradores da Luz






segunda-feira, 15 de agosto de 2016

O QUE EXISTE DE VERDADE NAS OUTRAS DIMENSÕES





Agosto 15, 2016










Se você quer compreender as outras dimensões, você deve se despir de tudo o que aprendeu até aqui. Sejam crenças, religiões, conceitos, pré-conceitos, julgamentos, etc., e de tudo o que foi aprendido e condicionado em sua mente racional.

Nossa alma é muito maior do que aprendemos que ela é. A alma tem vida em várias dimensões. Em cada dimensão a alma vive uma vida diferente. Essa divisão de alma nas dimensões se chama FRACTAL de alma. 

Assim como você está vivo aqui nesta dimensão, você está vivo nas outras dimensões.

O corpo físico é apenas um veículo para a alma interagir nesta dimensão. Sua alma não possui apenas um corpo, ela habita em vários corpos em várias dimensões.

Você já imaginou que nossos irmãos mais velhos que vivem nas dimensões superiores podem ser avatares de nós mesmos ?

A verdade está mais próxima do que já vimos no filme " AVATAR".

A verdade está mais próxima de uma tecnologia super avançada do que qualquer conceito de divindade ou de deuses conforme nos foi ensinado.

O certo é que estamos despertando conscientemente de um esquecimento onde fomos completamente manipulados.

Não há crenças, não há livros, não há qualquer história contada que possa se aproximar da mais pura verdade, nem os livros chamados sagrados. O que existe de verdade em todo esse material são metáforas que devem ser interpretadas, e não tomadas uma realidade única e indiscutível.

Devido ao esquecimento e as suas crenças, a maioria da humanidade ainda está longe de saber o que existe de real fora do misticismo. E, talvez, muitos ficarão presos ainda naquilo que acreditam e não naquilo que se mostra bem na sua frente.

A Terra já vibra na 5ª Dimensão, mas a grande maioria da humanidade ainda permanece presa no mar do esquecimento e dos seus apegos, e é a única espécie no planeta que ainda não ascendeu energeticamente. 







Publicação : Mostradores da Luz




quarta-feira, 10 de agosto de 2016

NA ASCENSÃO PLANETÁRIA VOLTAREMOS A SER LIVRES, MAS LIBERDADE O QUE É ? - TEMA : LIBERDADE.




Agosto 10, 2016





Nota do Blog : 

Nestes tempos de ascensão planetária em que estamos despertando, muitos de nós estamos questionando sobre o poder, o controle, a manipulação social. Estamos questionando a nossa vida com relação a tudo isso na medida em que nos tornamos mais conscientes do verdadeiro ser que existe em nós. Estamos cientes que as novas energias estão promovendo também a liberação do karma e estamos promovendo em nós mesmos os desapegos, tão necessário neste agora. Mas também nos deparamos com outros questionamentos, principalmente, como é ser livre para desenvolver esse novo Ser de Luz que estamos descobrindo que nós somos. Nesse sentido, o tema Liberdade cabe bem nesta hora para compreendermos o caminho da ascensão. Por : Sônia L Pereira





A liberdade é um conceito que eu própria demorei muito tempo a entender. Por um lado, eu conseguia perceber facilmente que liberdade não é uma coisa de fora para dentro, isto é, não tem a ver com fazer o que me apetece, poder ir onde quiser ou poder fazer o que quiser. Isso é liberdade.

Mas não é a verdadeira liberdade. Se por um lado eu tinha facilidade em entender esse conceito, por outro lado foi muito difícil para mim entender o que significava a expressão:

- "A liberdade de ser quem você é."

Na minha cabeça, as pessoas eram quem elas eram. Qual a dúvida? Mas depois de um tempo eu comecei a perceber que não era bem assim. Comecei a perceber que as pessoas deixavam de fazer as coisas em que acreditavam por causa dos outros, para não magoar, para não falhar, para não desiludir, para que não perdessem, e foi aí que começou a confusão.

É um assunto dual, extremamente dual. Eu não quero magoar os outros, eu não quero ser um agente da perda dos outros, não os quero desiludir, não os quero ferir. Isso é um facto, nem tem discussão. Mas posso magoar-me a mim, afastar-me da minha energia - e como consequência, atrair perda para a minha vida? Não quero ser agente de perda dos outros, mas posso ser agente da minha própria perda?

Por um lado, eu não posso prejudicar ninguém, por outro lado eu tenho de ser quem eu sou. Ora, conciliar isso tudo é muito difícil. É óbvio que eu não sou só uma coisa, por isso, eu posso, das coisas todas que eu sou, conseguir ver qual delas é que não magoa ninguém, não provoca perda. Até aqui, pacífico. Mas há uma questão mais complexa: a dependência emocional. Imagine uma pessoa que depende emocionalmente de nós, uma pessoa que não tem vida, uma pessoa que precisa de nós para estar, precisa de nós para ter opiniões, bom, precisa de nós para tudo. E nós começamos a sentir-nos sufocados, certo? Porque não conseguimos ser livres, não conseguimos fazer as coisas que acreditamos que devemos fazer porque temos sempre medo que a pessoa sofra pela nossa ausência. Vai haver uma altura em que a vida vai encarregar-se de nos colocar em situações em que nós vamos ter que provocar a perda naquela pessoa, para que ela deixe de ser tão dependente emocionalmente. Então é óbvio que não é por mal, não é com má intenção, mas é neste momento que a maior parte das pessoas se confunde. A filha que quer ir viver sozinha fica mais uns anos em casa para não magoar os pais, o homem cujo casamento já acabou fica casado mais uns tempos para não magoar a família. Quem ganha? Quem perde? Será que neste caso não é necessário que a pessoa seja livre para ser quem é, e quem tem dependências emocionais encontra aqui uma grande oportunidade para se curar delas?

É necessário aqui um grande equilíbrio. Não devo procurar ser quem eu sou se prejudicar alguém, mas também não posso deixar-me prejudicar pelas dependências das pessoas. Eu só vou ter uma única oportunidade de ser quem eu sou nesta vida. Na vida passada fui uma coisa, na próxima vida serei outra, então esta vida é a única em que vou ter a oportunidade de ser livre para poder ser quem eu sou desta vez, e isso eu não posso desperdiçar. Claro que posso tentar conciliar, posso tentar fazer o possível por não magoar ninguém, mas tenho também que ter cuidado com as possíveis situações de dependência emocional que são insustentáveis. Se não formos nós a dar um basta nesta situação, um dia a vida vai vir e vai dar. Da pior forma.

A violência é proporcional à resistência. Quanto mais eu resistir, quanto mais eu me privar de ser livre para manter uma situação de dependência, mais brutal e dolorosa vai ser esta rutura que a própria vida vai proporcionar. Então, às vezes mais vale eu ser livre para ser quem eu sou e fazer algumas ações que às vezes até podem magoar pessoas mais dependentes emocionalmente de mim, mas eu vou estar a ser sempre mais suave do que a vida. Porque a vida quando vem, ela vem mesmo.

Como diz Jesus:

- A liberdade de seres quem você é o único formato que tens de diminuir as perdas, tuas e dos outros. É um formato em que evoluis, ajudando o outro a evoluir - ao ensiná-lo a respeitar quem é e quem és. A liberdade de seres quem és é o início de tudo


Projeto Mensagens de Luz


Do Livro :  "Conexão" 


Sobre a Autora : 

Alexandra Solnado é a autora portuguesa na área da espiritualidade com maior projeção mundial. Segundo uma pesquisa recente, em Portugal, cinco livros de sua autoria estão entre os dez preferidos do público na área espiritual. 


Esta grande projeção começou com o bestseller "A Entrega", que Jesus lhe começou a ditar em Setembro de 2002, e nunca parou até ao seu livro mais recente, estreia na ficção - “Há Mil Anos Que Não Te Via”.


Uma empolgante história de amor de Vidas Passadas, que após o seu lançamento entrou imediatamente no 1º lugar do Top de Vendas Nacional.




Publicação : Mostradores da Luz



segunda-feira, 8 de agosto de 2016

SUPER ONDA GALÁCTICA DO PORTAL ESTELAR DE LEÃO EM 08/08/2016




Agosto 08, 2016





O Portal Estelar de Leão em 8-8 ocorre todos os anos em agosto durante o tempo de Leão, o leão. É um evento galáctico especial que aumenta a sua capacidade de incorporar plenamente o eu divino na forma física. As energias poderosas do Portal de Leão estão ajudando Gaia através dos Portais do Tempo e nas dimensões superiores que são guardados pelo Leões Sirianos Reais desde ontem até amanhã.

O Portal Estelar de Leão abre os 'corredores de tempo "para a história antiga, quando os Mestres Sirianos viajaram para a Terra e ensinaram os princípios da Ascensão nas Escolas de Mistérios de Zep Tepi na civilização do Egito. Eles ensinaram a arte perdida da Alquimia, que eles gravaram em pergaminhos sagrados,nas paredes das pirâmides e nos corredores de Amenti.

A Estrela Azul de Sírius transmite os códigos índigo de Luz azul de uma raça avançada de Seres de Luz para Gaia e para a humanidade que inicia o caminho da Ascensão. Os Mestres Sirianos tem agido como mediadores entre as 12 Tribos Galácticas do Grande Sol Central e da nova raça humana da Terra. Os Mestres Sirianos introduziram a "Consciência Crística" para a humanidade. Eles irão transmitir a Luz de cristal no complexo da Pirâmide de Gizé e transmitir os códigos para as Grades da Terra, permitindo uma transmissão pacífica e fluido das energias.

Eu tenho trabalhado em estreita colaboração com os Sirianos Elders nos os últimos 15 anos, aperfeiçoando minhas habilidades com a geometria sagrada, o poder vórtex e atualizações Ascensão avançados. O azul profundo da Luz do índigo Siriano auxilia na abertura dos chakras, aumentando a cristalização das células e transmutação do código genético humano-híbrido.

O DNA está agora reconhecido como  cintilante, com configuração da forma de onda, adaptável e modificado pela luz, pela radiação, pelos campos magnéticos ou pulsos sônicos. O legado do antigo Thoth / Enoch / Metatron nos lembra que a "linguagem de Luz", a ciência harmônica dos antigos, está realmente transformando o DNA humano.

A construção do impulso a partir de 26 de julho, a Super Onda  Galáctica está fluindo através do Portal Estelar Leão em  8-8 e abençoa a humanidade com um upgrade de Ascensão poderosa. Ele explode os véus da ilusão e da desilusão, revelando sombra escondida escondido que está por dentro. A Super Onda  Galáctica  é uma força de Luz Galáctica  muito poderosa que está despertando as todas almas para uma realidade mundial que nunca se soube que existia. Um mundo além da dualidade!

Este portal cria um incrível período de ascensão acelerada. Na segunda-feira 8 agosto vamos nos unir com outros Sementes das Estrelas / Trabalhadores da Luz no fluxo quantum da espiral da relação dourada, e viajar para o Centro Galáctico. Vamos entrar no Portal Estelar Cristal, no Grande Sol Central, nos conectarmos com o Portal Estelar Leão  8-8, entrando na consciência pura, no potencial intocado ... estamos entrando na Fonte Criadora. Usando nosso corpo / mente como pontos de ancoragem, vamos auxiliar na ativação da Ascensão Cósmica para toda a vida no planeta.

Você está convidado a juntar-se aos outros Sementes das Estrelas e Trabalhadores da Luz em nossas  Ativações do Portal Leão 8-8, segunda-feira às 12:00 Pacífico.

O registro é US $ 10, inscreva-se aqui >>>: https://newearthcentral.com/?p=12835


Carinhosamente, Meg Benedicte


Imagens gráficas por Ellen McDonough de www.PlacesofLight.com


Copyright (c) 2016 Meg Benedicte * Todos os direitos reservados * Você pode copiar e distribuir este material, desde que você não alterá-lo de qualquer forma, o conteúdo permaneça completo e incluir este aviso de copyright.


NOTA DO BLOG :  Se você sentir o chamado, você pode mentalizar que está se unindo aos grupos de meditação do mundo das  Sementes das Estrelas / Trabalhadores da Luz,  no horário das 16 horas, horário de Brasília- BR; imaginando entrar no Portal Estelar Cristal, no Grande Sol Central, nos conectarmos com o Portal Estelar Leão  8-8, entrando na consciência pura, no potencial intocado ... estamos entrando na Fonte Criadora.

Se não souber fazer a conexão, imagine a Luz Cósmica descendo sobre o topo da sua cabeça e entrando através de todos os chacras fazendo conexão com a Mãe Gaia. Imagine que você está aterrando a Luz Índigo vinda do Sol Central para Gaia. Por : Sônia L Pereira. 




Tradução : Sônia de L Pereira



Publicação : Mostradores da Luz






sábado, 6 de agosto de 2016

INTRINCADOS DETALHES SOBRE OS HABITANTES DO INTERIOR DA TERRA REVELADO POR EDWARD SNOWDEN



Agosto 06, 2016








Entre as divulgações inovadoras encaminhadas por Edward Snowden para a humanidade, fala-se da possibilidade do interior da Terra estar sendo habitado por uma civilização avançada que vem nos monitorando desde o início.

Para alguns ele é considerado um traidor, mas outros pensam nele como um herói. Edward Snowden teve a coragem de revelar segredos que o mundo merecia saber, e entre os fatos relevantes divulgados, um pouco diz respeito sobre os UFOs e extraterrestres.

De acordo com alguns documentos copiados da CIA, o governo dos EUA sabe a muito tempo sobre a existência de espécies altamente inteligentes, mais avançadas do que a humanidade. Enquanto estávamos ocupados começando a olhar para uma raça de humanoides de outro mundo com seus UFOs em forma de disco, eles estavam de fato bem debaixo dos nossos narizes, provavelmente há milhões de anos, e muito à frente do que nós no desenvolvimento tecnológico.

Tomemos um olhar mais atento na geologia da Terra e vamos ver na sua crosta rígida uma camada bastante fina de rocha que divide os continentes e o fundo do oceano. A crosta assenta-se em placas tectônicas que se deslocam lentamente no tempo na litosfera. Na parte inferior das placas tectônicas, a cerca de 80 a 100 km abaixo da superfície começa  astenosfera.


Placa Tectônica


O fluxo interno da Terra ocorre na astenosfera, e acredita-se que o fenômeno de convecção ocorre neste nível para ajudar o movimento perpétuo das placas tectônicas, mas o método exato e o aspecto visual da fronteira entre a litosfera e a astenosfera ainda não está claro. A CIA possui sistemas de rastreamento de estoque de dados e imagens com sonar em alto-mar, porém o nível de confidencialidade de alto nível proíbe o acesso dos cientistas sem certificado de segurança específico.

Este tipo de Homo Sapiens inteligente pode ter evoluído de forma diferente, considerando o clima muito mais estável no interior do planeta. O consenso geral é que nós somos apenas formigas do  ponto de vista deles, e há uma pequena chance de que eles irão intervir nos assuntos do nosso mundo, mas as pessoas da superfície  lutam com a ideia de que a existência deles não é tão benéfica.

"Então, se você tem uma civilização alienígena tentando ouvir as outras civilizações, ou nossa civilização tentando ouvir os alienígenas, haverá apenas um pequeno período no desenvolvimento entre a sociedade deles e a nossa quando toda a comunicação deles for enviada para a sociedade mais primitiva e mais desprotegida.

Então, quando  pensarmos sobre tudo o que estamos ouvindo através dos nossos satélites ou tudo o que eles estão ouvindo de nossa civilização (se há de fato alienígenas lá fora), todas as comunicações deles estão criptografadas por padrão."

"Então, o que estamos ouvindo, se isso for realmente um programa  alienígena de televisão, ou como você conhece, um telefonema ... isso é indistinguível para nós devido a radiação cósmica de fundo ."




Temos estas incertezas com referência à aparência da estrutura interna e da camada da Terra que deixa margem para suspeitas graves, uma vez que o manto da Terra poderia fornecer melhores condições de vida do que a sua superfície.

Júlio Verne pode ter sido grandioso por ter obtido algo tão real, ao mesmo tempo que fomos ensinados a acreditar que tudo relacionado à ficção fosse rejeitada pela realidade maçante em que vivemos.

Mas este é realmente o caso? É o reino material em que vivemos totalmente explorado e compreendido pelas ferramentas científicas da humanidade? Ou é sim uma miragem da qual não podemos escapar, a menos que abríssemos os olhos e enxergássemos além das ilusões?

Apesar do fato de que não temos problemas com os ocupantes da consagrada terra tão distante, ou não conhecermos nenhum registro, os militares estão considerando detonar uma ogiva nuclear que irá selar as cavernas profundas que ligam a superfície da Terra com os colonizadores do manto, em última análise, impedindo que a suposta passagem se abra novamente. Pelo menos isso é o que Snowden revelou em uma entrevista recente.

A ideia de que nossos governos irracionalmente intervem em tais assuntos importantes não é uma ideia alienígena.  A NASA usou armas nucleares na lua em 2009, destruindo todo o posto avançado alienígena que estava localizado lá, e se você relembrar do Incidente UFO de Colares - Brasil onde os militares reuniram prova inquestionável da existência de extraterrestres, mas depois foi decidido evacuar a população local e maquiaram todo o relatório até recentemente. Os mesmos oficiais militares dos EUA também alertaram sobre os homenzinhos verdes e colocam essa ameaça em futuro próximo.

Com todos esses movimentos negligentes, os habitantes do interior da Terra podem estar tramando algo. Com todas as ondas de sons misteriosas que foram ouvidas em todo o mundo, incluindo as do Caribe que puderam ser ouvidos do espaço, há uma boa chance que os nossos vizinhos intra-terrestres estejam tramando algo.

Se nós estamos caminhando para assistir um confronto entre os poderes terrestres e os moradores míticos dos confins da Terra, estamos prestes a descobrir isso. Temos esperança de que este período histórico de transição se apresse para trazer a divulgação completa para a raça humana. Todo mundo merece estar ciente e para entender o que está acontecendo.




The Explorer


Por : The Explorer

Depois do meu primeiro encontro UFO me tornei de um cético ao longo da vida para um crente. Depois que eu tive a minha segunda experiência UFO  me tornei um verdadeiro crente. Agora eu quero trazer o máximo de consciência possível sobre este fenômeno em curso.


Fonte : Earth. We Are One (EWAO).


Tradução : Sônia L Pereira


Publicação : Mostradores da Luz