Psicologia e Ciência Contemporânea, estudo e crescimento de alma Este blog foi criado para aqueles que estão despertando e para os que já estão despertos à Nova Era e à nova consciência. O AMOR INCONDICIONAL, a Compreensão e a Compaixão são os princípios da nova consciência e o acesso a 5ª Dimensão e Dimensões superiores é concedido para todos e é gratuito, e nada está lá fora, tudo está dentro de você e é só acessar. Não precisamos mais de Mestres. Somos nossos próprios Mestres. Seja bem vindo. SOMOS TODOS UM ! PAZ e LUZ! Namastê! Gratidão! Muito Obrigada!

sábado, 18 de fevereiro de 2017

O TULKU - O PRÓXIMO ESTÁGIO DO SER HUMANO DA TERRA




Fevereiro 18, 2017






Enquanto o homem comum vive uma vida confusa, tem uma morte confusa, passa por um bardo confuso e nasce novamente como um ser confuso, seres iluminados e Bodhisattvas nascem e vivem conscientes, e podem dirigir a sua consciência no Bardo e ter um renascimento consciente da maneira que quiser, com o fim de ajudar os outros seres. Um ser iluminado ou um Bodhisattva vive, morre e renasce somente com o propósito de libertar os seres da ignorância e confusão. Ele percebe todo o passado e todo o futuro manifestos no presente, portanto ele ultrapassa o continuum tempo/espaço.

Já foi descrito o processo encarnatório de um homem comum no capítulo anterior. Vimos que quando uma criança é gerada, a alma reencarnante ainda não tem a posse do corpo, nem dirige o seu crescimento. Um “elemental” (o anjo da guarda católico), criado de acordo com o seu karma, dirige e modela a forma por nascer, permanecendo nela, após o nascimento, até a criança atingir cerca de 7 anos. A alma reencarnante vai, dessa forma, paulatinamente entrando em contato com os corpos físico, emocional e mental da criança, acostumando-se com eles, até que então toma posse definitiva e o elemental é dissolvido.

Diferentemente, como não tem karma a ser esgotado, um Ser Perfeito quando necessita encarnar não tem um elemental à sua disposição e ele tem que arcar com a tarefa de produzir o seu corpo desde a sua geração embrionária. Além de acarretar um grande dispêndio pessoal de energia, termina por gerar um corpo muito mais requintado e aperfeiçoado, resistente a doenças, às degenerações senis e às tendências hereditárias. Pelo grande dispêndio energético, esse Ser trata de cuidar desse “veículo” de forma que ele dure o máximo de tempo possível. Esses corpos ou Tulkus, preparados para trabalhos superiores, têm que ser poupados dos inumeráveis atributos da vida cotidiana, com suas torrentes de influências negativas. Daí a sua reclusão em locais inacessíveis ao mundano.

Por isso, uma das formas de manifestação mais adequada a esses Homens, é tomar emprestado o corpo de um discípulo, transformando-o em tulku. Eles ocupam esses corpos somente quando extremamente necessário, de forma temporária e para um propósito específico, processo amplamente divulgado e conhecido hoje como “canalização”. Dessa forma, Ele proporciona um grande avanço, tanto para a evolução individual do discípulo quanto para o corpo utilizado, pela simples proximidade com o Mestre e com Seu maravilhoso magnetismo.

O termo “tulku” abrange um espectro mais amplo de possibilidades, podendo ser definido como sendo uma sombra ou projeção, nesse mundo, de entidades de uma categoria superior. Significa, literalmente, “aparecer num corpo”, “transformar o eu de alguém”, “modificar um corpo” ou “tomar a posse de um veículo”. Mas o termo abrange outros fatos como o de criar um segundo corpo temporário, criar um corpo permanente para ser usado quando necessário e usar o corpo de uma outra pessoa ainda encarnada ou imediatamente após o seu desencarne. Em tibetano a palavra é sprul-sku e em sânscrito é avesa.

Existem numerosos fenômenos na natureza cuja explicação se acha na doutrina do tulkuísmo. É o caso, por exemplo, de Apolônio de Tyana, de Sai Baba, de Antônio de Pádua, de Padre Pio, de Santa Teresa Neumann 101:30 e de outros santos da Igreja Católica, se “bilocando” e se materializando à distância, e deixando em seu lugar um “fantasma” de si mesmo. Essas criações mágicas, descritas por Patânjali em seus Yoga-sutras como siddhis, poderes adquiridos pela prática iogue, quando feitas por um Buddha, ou um Bodhisattva, são capazes de receber uma vida real, infundida pelo próprio criador, e adquirir personalidade própria.

Os Tulkus podem ser emanações, projeções ou veículos, digamos assim, fabricados por um Ser de elevada espiritualidade, com a finalidade de ficar às suas ordens ou serviço, uma espécie de estátua viva, da mais alta qualidade espiritual e física. Os Tulkus são seres ligados ao seu escultor ou Senhor (de cérebro para cérebro ou de inteligência para inteligência) e coexistem com ele, embora esse não fique completamente encarnado naquele, numa forma de “continuidade de consciência”. São os veículos dos quais se utilizam os Buddhas, Christos e Bodhisattvas (Cf. no Volume 3) para continuar a sua missão de restaurar o Dharma (os ensinamentos da Lei) e reencarnar continuamente até que a última alma se ilumine.

O tulkuísmo, em linhas mais gerais, objetiva o processo de transmitir cultura ou sabedoria (mental, psíquica ou moral) do exterior para o interior, de um ser mais sábio para um aprendiz. Dessa forma, qualquer professor que de alguma forma possa enviar parte da sua consciência e vontade, por um período de tempo variável, para um mensageiro/aluno que seja enviado por ele para ensinar a humanidade ou cumprir uma determinada tarefa, é um exemplo de tulkuísmo. Portanto, generalizando, o aluno seria um tulku de seu professor, o qual lhe transfere seus conhecimentos, e, da mesma forma, tudo o que existe na natureza é tulku de algo que lhe é superior: o homem é tulku do Adepto ou Sábio, o animal é tulku do homem, o vegetal é tulku do animal e o mineral é tulku do vegetal.

A mediunidade está no outro extremo dessa condição de tulku. Todo homem é um médium, falando no sentido de "mediador", de ponte, de pontífice. Enquanto o médium é um simples joguete inconsciente (em transe) e vítima, na maioria das vezes, de embustes de elementais inferiores e elementares habitantes do mundo astral, o tulku desempenha o seu papel sem perda da consciência pessoal. Ele tem conhecimento definido e completo do que está ocorrendo, como se a consciência adquirida fosse a sua própria. O tulku simplesmente empresta o seu organismo “físico/astral” para uso temporário de uma consciência superior, por consentimento mútuo, e não se sente desgastado com isso, muito pelo contrario, se sente amplamente revigorado com a experiência.

O médium comum, para a sua evolução, tem que aprender a dominar completamente suas tendências mediúnicas desordenadas e patológicas, mantendo-as sob o seu domínio e vontade espiritual, não se deixando dominar sob nenhuma hipótese. Tem que se transformar em um mediador consciente (um transmissor) e não um médium de transe inconsciente ou, na melhor das situações, semiconsciente.

O tulku age, na verdade, como um transformador que capta a energia superior e a transmuta em outra que pode ser apreendida pela humanidade. Para servir como mediador, o tulku deve ser capaz de não se sujeitar à vontade de quem quer que seja nem sofrer influências de seu próprio “eu inferior”.

Por isso, as doutrinas religiosas em geral proíbem, desde logo, àquele que há de ser um tulku, todo o ritual que estimule a mediunidade comum e a comunicação com seres astrais que deprimem e sugam a energia mental do médium, para que a Iluminação, que deve ser obtida pelo estudo e esforço da mente, não venha a ser prejudicada. O teósofo tem por meta se preparar para ser tulku de Homens que aprenderam, por meio de árduo treinamento oculto, como se retirar, temporariamente, de suas próprias constituições exteriores e penetrar em outras para transmitir o poder, o conhecimento e a influência deles. A esses Homens a teosofia chama de Mahatmas (Cf. no Volume 3).



Categoria: Órion Volume 2


Fonte : Órion



NOTA DO BLOG :

O  livro dos Mahtamas foi escrito em 1800 d.C. Até 2012 d.C. os tulkus eram pessoas que nasciam com seu 8º chacra formado e a maioria da humanidade não tinha o 8º chacra que é o veículo interdimensional que acessa as dimensões mais elevadas. E somente as crianças nascidas a partir de 1980 d.C. estavam nascendo na Terra com o 8º chacra. 

A partir de 2012 d. C. foi concedido pelo Criador Primordial que todos os seres humanos, mesmo os nascidos antes de 1980 d.C. tivessem seu 8º chacra formado.

Esse fato possibilitou a  todos os humanos que vivem na Terra a terem acesso a todo o seu potencial. E é exatamente esse potencial que o ser humano precisa conhecer e compreender para poder acessar a sua própria verdade e poder, que até aqui não poderia acessar porque havia um bloqueio no corpo físico criado pela falta do 8º chacra. Por isso também que haviam aqueles que acessavam uma sabedoria e um conhecimento que o ser humano sem esse chacra não acessava. Por consequência, e também por isso haviam os mestres e os grandes mestres e seguidores. 

Agora não precisamos mais de mestres porque temos todo o potencial para sermos nós mesmos nossos próprios mestres. Podemos usar todo o potencial do nosso corpo físico para acessar a Sabedoria do Universo através do acesso a nossa alma. A nossa alma é sábia e possui todo o conhecimento do Universo, desde a própria criação, bem como conhece todo o segredo da natureza. Assim como também conhece as mais avançadas tecnologias utilizadas pelas civilizações mais elevadas do Universo porque a nossa alma é um parte do próprio Criador Primordial, e, assim,  é uma parte de todos e de tudo o que existe no Universo. É por isso que tanto se fala que Somos Todos Um porque somos todos parte do mesmo Criador.

Tudo o que precisamos para acessar toda a sabedoria do Universo está em nós mesmos. E podemos fazer isso apenas compreendendo de como criarmos uma ligação direta entre nosso corpo físico com  a nossa própria alma.


Merkaba - Veículo Interdimensional


O 8º chacra permite ativar o nosso veículo interdimensional que acessa as outras dimensões, que muitos chamam de merkaba. Só existe um modo de ativar o 8ª chacra que é através do alinhamento com a energia existente no Universo. Aqui na Terra chamamos de Amor Incondicional, que na verdade nada mais é do que a matemática do Universo, a Geometria Sagrada. 

É um esforço que vale fazer, temos que aprender a descondicionar a mente e permitir que a inteligencia da alma prevaleça. Ao mesmo tempo que trabalhamos intencionalmente o desbloqueio de todos os chacras. É um trabalho consciente de limpeza e liberação de medo, de raiva, de crenças, de apegos a determinados conceitos condicionados, do exercício do perdão a si mesmo,  para fins que nos alinharmos a toda a sabedoria e abundância do Universo.

A partir desse ponto, já com o veiculo interdimensional funcionando e já acessando as dimensões, começamos a viver a sincronicidade, a telepatia, os milagres, bem como começamos a expandir a consciência e a reconhecer o que é ilusão. Passamos a ser mais responsáveis com o nosso corpo físico, com a vida e com a natureza. Começamos a reconhecer o sentido da eternidade e a morte passa a ter o valor de apenas uma passagem porque passamos a acessar os nossos familiares que já se foram com a mesma perfeição que enxergamos com nossos olhos físicos. Passamos a enxergar com os olhos físicos as áureas das pessoas e dos seres. Passamos a enxergar que além dos pássaros e dos animais e das árvores, e percebemos que também ali estão os seres elementais na natureza e interagimos com eles. Começamos a ter a sensibilidade de compreender a natureza e a natureza percebe isso e nos responde de volta. 

É um novo mundo que começamos a viver aqui mesmo na Terra! Coisas que o antigo ser humano estava limitado dentro de um corpo bloqueado sem usar todo o potencial dessa máquina fabulosa que é o físico humano. 

Como consequência da ativação do 8º chacra, passamos a viver dimensionalmente em oitavas acima. Já não há mais nenhuma possibilidade de haver a "incorporação" porque as almas desencarnadas já não podem acessar o nosso corpo, as frequências energéticas são incompatíveis. 

Da mesma forma, o karma também é totalmente liberado e a pessoa passa por uma fase de libertação de todo e qualquer karma. Isso acontece porque nas oitavas dimensionais mais elevadas não existem mais karmas. Essa é a fase mais difícil de liberar, mas será liberadas de uma forma ou de outras porque não vamos precisar mais de experimentar a vivencia karmica. 

O planeta está vivendo essa fase de libertação dos karmas e os humanos que estão ativando e trabalhando seu 8º chacra também está passando por toda essa transmutação. 

A vida na Terra nesses tempos está bela por tudo isso e pela oportunidade de alma de estarmos participando de tudo isso e do Novo Ser Humano !


Por : Sônia L. Pereira









quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

ATUALIZAÇÃO DE ENERGIAS - DIAS PESADOS À FRENTE




Fevereiro 15, 2017









 Quanto tem sido difícil esses últimos dias depois do eclipse.

O certo é que todos os eclipses trazem mudanças e, especialmente, este eclipse dos dia 10 e 11/02/2017 da Lua unido ao meteoro 45p que passou trouxeram a liberação de karmas ancestrais, passados e presentes, ou seja, karmas de todas as vidas. 

E isso está muito forte. No corpo está fazendo efeito direto no chacra raiz onde estão memórias de vidas e, por conseguinte, de karmas. 

Todos estamos passando por alguma liberação de energias karmicas de alguma forma. Isso traz "chacoalhadas", tanto na vida, nos acontecimentos e, principalmente, nos relacionamentos amorosos, familiares, nas amizades e nos que nos rodeiam. Bem como fisicamente no organismo, tais como: nervosismo, ansiedade, dores, alguma disfunção na área da barriga e quadris.

Mais interessante ainda, muitos daqueles que não usam a Luz e a ascensão nas suas vidas aproveitaram o eclipse para mais uma vez tentarem manter a grade energética da antiga matrix 3D. Nos últimos 13 mil anos sempre foi assim que fizeram o mesmo ritual. Muitas pessoas desavisadas participam indiretamente desses rituais, por ex,  quando participam de determinadas meditações coletivas em determinados horários estipulados que, ao invés de estarem enviando a Luz para a grade planetária, na verdade, estão doando sua energia para esse tipo de intento. O que ocorre com a pessoa é que ela fica pesada e cansada após essa meditação e as coisas na vida ficam como que travadas. Ultimamente estão usando muito do facebook para essas meditações. 

O que acontece é que muitos humanos não querem que a ascensão venha. Dessas pessoas, a maioria acredita que está fazendo o bem e não possuem a consciência expandida o suficiente para compreenderem que apenas estão como que "seguindo o rebanho" sem questionar. Inclusive ainda acreditam que o mistério da vida está nas mãos de alguns que podem ajudá-las de alguma forma nesta sociedade. O certo é que essas pessoas estão, na verdade, alimentando e mantendo seres que não são da Luz no planeta, se mantendo, assim, nos seus velhos karmas ultrapassados.

De outra forma, existem karmas que vem se eternizando de geração em geração. Esses karmas para serem liberados é necessário que eles ressurjam nas nossas vidas para que possamos de vez liberá-los.  Esses dias que estamos vivendo pós-eclipse propicia esse retorno. São vidas e vidas mal resolvidas em determinado ponto e que agora temos a oportunidade de trabalhar isso com as nossas consciências já expandidas em que podemos captar com mais facilidades esses "nós" de karmas para liberá-los. É uma oportunidade para trabalharmos essas situações e emoções que estão retornando e vindo à tona nas nossas vidas. 

Acontece é que estamos com mais Luz no planeta e nada que seja feito que não seja Luz não permanece, nem os karmas podem permanecerem mais por aqui e vão se dissolver mais cedo ou mais tarde.

Usando a velha formula, muitos que ainda não estão alinhados as novas energias estão falando de no dia 16/02/2017 será o fim do mundo com um possível cometa que irá se chocar com a Terra. Isso também é para enganar os desavisados e manter o medo. Não vai acontecer nada e isso não passará de mais uma ilusão da matrix antiga que está decadente.

Muitos que já estão conscientes e com a consciência se expandindo estão passando por momentos delicados nesta semana, e creia que, embora as coisas surjam de repente, seja em forma de karmas ou em outras situações que aparentemente parece não ter soluções; as coisas irão se resolverem da mesma forma que surgiram, ou seja, rapidamente irão embora e serão liberadas essas energias.

O que tem agravado esta semana foi que os escuros conseguiram formar um egregora neste eclipse com seus velhos rituais mágicos para tentarem retomar seus já desgastados poderes que já não funcionam mais nesta nova energia, mas eles vão tentar sobreviverem por aqui o quanto puderem e enquanto houverem humanos desavisados e mantidos na ilusão da 3D, o que não são poucos ainda, infelizmente. Por isso, esses seres escuros ainda se mantem por aqui porque já era para terem saído do planeta faz tempo. 

Essa egregora formada pelos escuros com a ajuda da humanidade que vive ainda na ilusão da 3D veio com força esta semana, mas sua força não tem base alguma para permanecer e logo irá se dissolver.

Tenha paciência, tenha calma, permaneça no seu centro do coração, deixe tudo fluir, fale mesmo, procure se recolher, procure a sua Paz, se afaste de qualquer coisa que não seja Luz. Se não puder se afastar mantenha a mente leve e não permita seus ouvidos escutarem o que você não quer, deixe tudo passar e se mantenha em Paz. Não se assuste e não tenha medo de nada.


Permaneça na sua Paz e deixe fluir. 






Publicação : Mostradores da Luz 





sábado, 11 de fevereiro de 2017

A ENERGIA TELÚRICA






Fevereiro 11, 2017








A Terra é um ser vivo e, como tal, emana uma série de energias próprias, chamadas de energia telúrica.

A emanação dessa energia ocorre a partir do centro da Terra, subindo perpendicularmente à superfície terrestre.

Como toda energia, afeta os seres vivos – plantas, animais e os homens – de forma positiva, como o magnetismo, ou negativa, como veios d’água subterrâneos. É por isso que antigamente seguia-se uma série de regras antes de construir casas, vilas ou cidades.

Os antigos respeitavam a natureza, observavam os animais, investigavam e estudavam o terreno para determinar se o local não era insalubre, evitando problemas futuros, como doenças e má sorte.

Por meio da radiestesia, astrologia e geobiologia, os antigos chineses praticantes de Feng Shui determinavam com precisão os locais onde haviam emanação dessas energias nocivas, denominada pontos geopatogênicos, conhecidos como “portas de saída do dragão” e “veios do dragão”, onde havia rio subterrâneo. No entanto, por inúmeros motivos, esses estudos e cuidados foram esquecidos, principalmente no Ocidente.

A partir de 1970, surgiu uma nova ciência que se preocupa em estudar as diferentes relações entre o meio e a saúde dos seres vivos: a geobiologia. Essa ciência nasceu dos estudos e observações de vários radiestesistas que comprovaram a relação causa e efeito entre a exposição às “emanações telúricas” e as alterações na saúde dos seres vivos.

Atualmente, a geobiologia usa informações obtidas por meio da astrofísica, geofísica, geologia, biologia, hidrologia, eletrônica, das ciências alternativas, esotéricas e, principalmente, da radiestesia.

Um profissional de geobiologia, por meio de uma série de instrumentos, medições e estudos conseguem determinar se o ambiente – residência, empresa, comércio ou terreno – está sendo afetado por alguma energia nociva, de procedência telúrica. Ou seja, ele irá determinar se o ambiente está doente e desequilibrado, a causa e foco da doença, os principais efeitos e as curas necessárias.

Um ambiente doente e desequilibrado pode causar em seus freqüentadores: distúrbios emocionais e psíquicos estresse, tensão, nervosismo e agitação dificuldade e bloqueio de criação e concentração bloqueio, perdas e estagnação profissional, perdas e bloqueio financeiro, insônia e distúrbios de sono, ansiedade e depressão retenção de líquidos, dores de cabeça e no corpo, doenças.






PRINCIPAIS FOCOS DA ENERGIA TELÚRICA

Conhecido os efeitos nocivos, iremos conhecer os principais focos ou causas destas ondas nocivas.

Podemos dividir a Energia Telúrica em dois grupos distintos:

O primeiro grupo engloba pontos geopatogênicos, ou seja, pontos da terra doentes, que podem ser causados por: veios d’água, rios subterrâneos e cruzamentos destes rios fissuras geológicas, cavernas e galerias subterrâneas, tubulações e poços, veios de metais, cruzamentos das linhas Hartman e Curry.

Esses são os pontos problemáticos que nossos ancestrais conheciam e evitavam ao construir.

O segundo grupo engloba as radiações provenientes da tecnologia dos tempos atuais.

Os aparelhos eletroeletrônicos emitem uma série de ondas eletromagnéticas que causam problemas ao homem quando exposto por muito tempo.

Cuidado com:· televisão, radio, radio relógio, celular· computador, fax, maquina xerox, ar condicionado microondas, geladeiras, vídeo· rede de alta tensão, antena parabólica, torre de celular, torre de radio e televisão.

Se observarmos bem nosso ambiente de trabalho e residência, vamos perceber que estamos cercados por estes aparelhos 24 horas por dia.


Gráfico SCAP



DICAS  PARA COMBATER AS ENERGIAS TELÚRICAS

Os problemas provocados pelas energias nocivas provenientes de aparelhos eletroeletrônicos em ambientes fechados podem ser amenizados com os seguintes cuidados: evite concentrar muitos aparelhos próximos uns dos outros, evite colocar muitos aparelhos perto de você, coloque plantas e flores naturais perto de você e desses aparelhos, coloque ao lado ou debaixo dos aparelhos um gráfico de radiestesia chamado SCAP.

No caso dos pontos geopatogênicos, deve-se estudar com muita atenção onde esse ponto aparece em um ambiente.

Em muitos casos, é comum usar o gráfico de radistesia denominado Keiti.



Autor: FRANCO GUIZZETTI – Extraído de “Folha On Line








quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

SINCRONÁRIO MAYA - FEVEREIRO DE 2017





Fevereiro 08, 2017









O mês de fevereiro começa com a lua 6 da onda da semente, mostrando como é que a emoção é uma porta dimensional, e acaba com o guerreiro 7 da onda do cão.

Desde a configuração inicial do ano que convida a agir a partir do espelho, no mês de fevereiro abre uma porta que liga o seu programa com o amor incondicional, ao ser iniciado com a onda da semente e acaba com a onda do cão.

No seu interior traz a experiência do voluntário, do alinhamento com o coração do céu (onda terra).

Podem acontecer muitas coisas por que claramente você descobre que você está estabelecendo um diálogo com dimensões superiores, onde os teus anjos e seres protetores estão perto de você.

Podem acontecer muitas coisas estranhas, que só são compreensíveis desde o metalinguagem, e que estão despertando sua consciência de voluntário para te transformar em um canal do amor, como expressa o guerreiro 7 (onda cão).

A lua cheia é no dia 11 de fevereiro, embora em alguns países ainda é 10 de fevereiro, e aparece como o eclipse penumbral, num dia de tempestade 3 da onda da terra.

Está no signo de leão, preparando o eclipse anular do sol do dia 26 de fevereiro, como mago 5 da onda do cão. Em alguns lugares da Argentina este eclipse do Sol se verá claramente um círculo luminoso em um dia mágico. A conexão com a atitude do mago te convida para reforçar o amor incondicional.

No dia seguinte, 27 de fevereiro, é ÁGUIA 6, e o terceiro dia é guerreiro ressonante, com o que acaba o mês.

São dias especiais para a meditação e para a ativação do amor incondicional.






Tradução e revisão : Sônia L. Pereira










terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

O QUE ACONTECE COM AS PESSOAS QUE MEDITAM PELA PRIMEIRA VEZ





Fevereiro 07, 2017








Tem havido numerosos estudos detalhados sobre o que acontece com o cérebro de meditadores de longo prazo, mas o que exatamente acontece com as pessoas que meditam, pela primeira vez?

Sara Lazar, uma pesquisadora da Universidade de  Harvard, EUA, ganhou bastante notoriedade detalhando como o cérebro realmente cresce matéria cinzenta quando as pessoas meditam. Outros estudos mostraram que a meditação melhora o QI e diminui a depressão. Além desses benefícios, a meditação também :

  • Reduz o consumo de álcool e substâncias, reduz a pressão arterial (Chiesa, 2009), 
  • Diminui a ansiedade, os sintomas depressivos e as recaídas (Coelho, Canter, & Ernst, 2007; Kim et al., 2009) 
  • Ajuda os pacientes que sofrem de vários tipos de dor crônica (Chiesa & Serretti, na imprensa) 
  • Reduz a incidência de estresse (Chiesa & Serretti, 2009) 
  • Ajuda a pacientes com aids e com câncer (Ledesma & Kumano, 2009) 

A maioria das pessoas pensam que têm de meditar por anos antes de começar a ver qualquer uma dessas melhorias, mas um estudo realizado por Chiesa, Calati e Serretti  ( do Instituto de Psiquiatria, Universidade de Bologna, Itália) mostram que, após apenas oito semanas curtas de meditação , as pessoas começam a experimentar a melhoria do funcionamento cognitivo.

Ainda não é rápido o suficiente para você?


MEDITANDO PELA PRIMEIRA VEZ

Eis o que acontece ao cérebro depois que alguém completa apenas uma sessão de meditação e que nunca havia meditado antes: 
  • As pessoas começam a se tornar menos centradas no "eu" na medida em que o cérebro equilibra o córtex ventromedial prefrontal (vmPFC), o que nos permite refletir sobre a  nossa preocupação, e o córtex pré-frontal dorsomedial (dmPFC), o que nos permite simpatizar com os outros e nos sentir mais ligados Àqueles que costumamos ver como diferentes de nós mesmos. 
  • O centro-do-medo é acalmado através da amígdala e os dois ramos do sistema nervoso. Você sabe que às vezes começa a sentir o 'Hummm- Ohhh' ? A meditação ajuda a certificar de que você só sente o estresse de baixo nível quando você realmente precisa, como quando você está prestes a colocar a mão em um fogão quente, ou você precisa usar o freio no trânsito. Mesmo assim, a meditação pode ajudar a tirar o estresse das experiências de estresse completo. 
  • A primeira vez que você tentar meditar, a mente se acalma. Isso não significa que você vai experimentar profunda paz interior pela primeira vez o seu "traseiro" toca uma almofada de meditação. Mas isso significa que você já está estabelecendo novos caminhos neurais que permitem a mudança positiva. Cada vez que você "sentar" novamente, você melhorá-los. 
  • Você vai se sentir menos deprimido. A meditação está recebendo muita atenção da imprensa ultimamente por causa deste estudo feito por Mahav Goyal publicada no JAMA. São 47 ensaios realizados com mais de 3.500 pacientes que mostrou que a meditação era tão eficaz quanto os antidepressivos. (O efeito da meditação foi moderada, de 0,3. Se isso soa baixo, tenha em mente que o tamanho do efeito de antidepressivos também é 0,3.) A diferença é, naturalmente, que a meditação não pode matá-lo ou causar outros efeitos colaterais indesejados, como episódios psicóticos, ataques de pânico, hostilidade, etc. 


MEDITADORES INICIANTES

Embora leve mais algumas sessões, aqui é o que acontece quando você meditar um pouco mais frequentemente :

  • Você vai se sentir menos dor física em apenas quatro sessões de meditação. A atividade cerebral diminui nas áreas responsáveis ​​por retransmitir informações sensoriais em torno de um sentimento de dor. Além disso, as regiões do cérebro que modulam a dor ficam mais ocupadas, e os voluntários que participaram de um estudo relatam que a dor ficou menos intensa após a meditação prática. Todos esses resultados foram relatados em uma reunião anual da Society for Neuroscience em San Diego. 
  • O "centro-do-eu' se evapora lentamente. À medida que a conexão entre as sensações corporais e o vmPFC diminuem, você não vai mais assiciar que uma sensação corporal ou sentimento momentâneo de medo signifique que algo está errado com você ou que você é o problema. Você pode apenas deixá-lo ir e passar, sem apenas dar-lhe um segundo pensamento. 
  • A empatia torna-se mais forte. A parte vmPFC do 'centro do eu' diminui e o dmPFC cresce mais dominante, o que significa que você pode sentir a dor ou a tristeza dos outros, mas com a mesma habilidade que você aprendeu a lidar com suas próprias sensações corporais. 


MESTRES DA  MEDITAÇÃO

Uma vez que você é um velho profissional na meditação, você pode olhar para a frente e observar  ainda mais benefícios, muitos dos quais a ciência ainda está chegando a entender. 

Os monges tibetanos podem sentar-se por horas na meditação tão facilmente quanto a maioria de nós podemos gastar a mesma quantidade de tempo dormindo ou navegando na internet. Estes monges recentemente secaram  folhas molhadas com seus corpos, utilizando uma forma de meditação chamada g Tum-mo. Os Monges foram envolvidos em lençóis molhados, frios (49º F / 9.4º C) e colocados em uma sala de 40º F(4,5º C). Em condições como essas, uma pessoa mediana provavelmente experimentaria tremores incontroláveis ​​e sofreria de hipotermia. No entanto, através da concentração profunda, os monges foram capazes de gerar calor corporal, e em poucos minutos os pesquisadores perceberam vapor a partir dessas folhas. Em cerca de uma hora os lençóis estavam completamente secos. 

Os Yogis na Índia que praticam meditação são capazes de retardar seus corações completamente de modo que dificilmente se pode detectar os batimentos cardíacos no equipamento de eletrocardiograma. Em 1935, uma cardiologista francesa, Therese Brosse, levou um eletrocardiógrafo para a Índia e estudou iogues que disseram que podiam parar o coração. De acordo com o relatório publicado de Brosse, leituras produzidas por um único chumbo eletrocardiograma e gravações de pulso indicam que os potenciais cardíacos e  o pulso de um dos seus súditos diminuiu quase a zero, onde permaneceram durante vários segundos. (Brosse, 1946) 

Um mestre praticante, Munishri Ajitchandrasagarji, é um monge Jain que credita sua memória incrível pela meditação prática. Ele pode recitar 500 itens da memória, seja uma frase de uma das seis línguas diferentes que fala, um problema de matemática ou o nome de um objeto aleatório. Ele recentemente realizou este feito na frente de uma audiência de 6.000 pessoas para verificar seu incrível nível de habilidade. Levou seis horas para a multidão fornecer-lhe a lista de itens, e ele recitou-os de volta perfeitamente. 

O holandês Wim Hof é capaz de controlar o seu sistema imunitário com a meditação. Ele esteve no Guinness Book of World Records 20 vezes por motivo de realizações como escalar o Monte Everest e o Kilimanjaro com  nada mais além de um par de shorts e sapatos, sem água ou comida, quando as temperaturas facilmente chegam a 50 graus Celsius. Ele usa uma meditação especial de respiração

Então, talvez a primeira vez que você aprenda a controlar seus pensamentos, concentrando-se em sua respiração, ou simplesmente observando seus pensamentos como nuvens passando no céu não vai fazer de você um meditador capaz desses atos impressionantes, mas mesmo com seus primeiros vinte minutos "Sentado" você está bem em seu caminho para outras habilidades mundanas.


Clique aqui para mais artigos de Christina Sarich!


Sobre a autora

Christina Sarich é música,  yogi,  escritora humanitária e freelance que canaliza muitas horas estudando Lao Tzu, Paramahansa Yogananda, Rob Brezny, Miles Davis e Tom Robbins em piadas interessantes para ajudá-lo a despertar sua pequena cabeça sonolenta. O todo*. Seu blog é Yoga para o Novo Mundo. Seu mais recente livro é Pharma Sutra: a cura do corpo e da mente através da arte do Yoga.



Por :  Christina Sarich 


Fonte : In5D

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

OS 7 CHAKRAS E AS 7 LIGAÇÕES COM O SEU SUBCONSCIENTE




Fevereiro 03, 2017







Os chakras não começam e terminam com sua descrição ou uma definição - isso é onde muitas pessoas chegam para compreendê-los. Grande parte das pessoas querem saber o seu nome e sua posição, mas quais são as suas  finalidades e para que servem ?  Como usar essa informação em sua vida diária? Os Chakras são incríveis, orgânicos, são Centros de Energia Tridimensionais e dentro deles existem muitos segredos.

Quando sua energia é combinada, ela compõe o que chamamos de Aura, o campo de energia dentro e ao redor do corpo humano. É dentro desta esfera de energia que os médiuns podem "ver" e podem discernir muitas coisas sobre você que a pessoa "normal" não está conscientemente ciente.

Muitas dessas coisas pode tornar você mais consciente de si mesmo e  para minha mente é o seu subconsciente fornecendo alguns minutos de sinais, tentando chegar até você. Isso é exatamente  o mesmo que  vinculado com a forma de como a sua linguagem corporal funciona, a sua linguagem corporal é a energia do seu Chakra trabalhando !

Há um grande número de formas que os Chakras podem tentar 'chamar' a sua atenção, muitas vezes por estar fora de equilíbrio. Novamente, há uma série de sintomas que indicariam um Chakra fora de equilíbrio, mas com a finalidade de tentar fazer  as coisas mais  simples, destaco apenas um sinal comum para cada um dos sete Chakras. 

Por exemplo;






O CHAKRA  BASE

Um bom indicador de quão estável o Chakra Base pode estar é considerar o que você faz com seus pés e pernas quando se senta em certas situações: Você pode sentar com os dois pés firmemente colocados no chão ou você pode ocasionalmente cruzar as pernas. Em si mesmo, não há grande indicador aqui a menos que tenha uma tendência de vir  a ser um padrão regular e repetido. Você pode se deparar muitas vezes cruzando as pernas firmemente, quase se enrolando  em torno da perna da cadeira, ou você pode ficar excessivamente inquieto, você pode sentir a necessidade de levantar os pés para cima do chão e em alguns casos sentar com os joelhos dobrados na frente de você. Isso pode indicar uma sensação de insegurança que é um dos elementos-chave do Chakra Base.


O CHAKRA SACRAL

Você pode notar que, muitas vezes, você cobre esta área abaixo do umbigo com as mãos. Isso tende a demonstrar uma necessidade instintiva de se sentir protegido. Pode ser uma área que é facilmente propensa a armazenar gordura, em homens e mulheres e está ligada com a vulnerabilidade que você sente nos relacionamentos, em particular. É um lugar de poder emocional e é importante que a pessoa seja capaz de "fluir" com essas emoções, caso contrário, pode encontrar problemas de criatividade, não apenas fisicamente, mas também mentalmente.





O PLEXO SOLAR

Este Chakra você já associa com o seu subconsciente ou seu interior, com conhecimento ou não do que percebe! Este chakra é, afinal, o lar do seu instinto BOM. Não é por nenhuma outra razão que o chamamos assim. Este Chakra se liga diretamente ao seu espírito ou energia central que instintivamente "sabe" o que ou quem é bom para você e quais situações são ruins. Lembre-se de um momento em que você tinha um mau pressentimento sobre alguém ou algo e você vai, sem dúvida, lembrar da sensação de enjoo no estômago. Muitas vezes as coisas acontecem tão rapidamente que não paramos para considerar apenas sobre quais são nossas reações ou exatamente onde elas nos afetam no corpo.



O CHAKRA DO CORAÇÃO

Isso, não é nenhuma surpresa,  é tudo sobre o amor. Como é reconfortante quando você se está magoado ou chateado e  recebe um abraço amoroso ou carinhoso de alguém? É um instinto natural colocar os braços ao redor uns dos outros e "tocar" os corações. É um conforto e é, na verdade, as duas energias das duas pessoas se encontrando, uma doando e uma recebendo, neste caso. Para assistir alguém puxando a dor das "cordas do coração" e é apenas assim que  você pode ver a energia.


O CHAKRA DA GARGANTA

Este Chakra não só se relaciona com a garganta e a área do pescoço, mas também com os órgãos que você usa para a comunicação, os seus ouvidos, a boca e o nariz ! É, muitas vezes, associado com a sua capacidade de "dizer a sua verdade". Você pode conhecer alguém que cobre sua área de pescoço e garganta regularmente, com colares ou cachecóis altos. Isso pode indicar que muito do que essas pessoas realmente gostariam de dizer não é falado ou é encoberto. Isso pode resultar em fofocas ressentidas fora do alcance de ouvido ou uma acumulação de "coisas não ditas" que em algum momento irrompe em uma tempestade emocional !


O  CHAKRA DO TERCEIRO OLHO

Muitas vezes você vai ver as pessoas esfregarem ou tocarem nesta área como que tentando literalmente agarrarem  um pensamento que de alguma forma sabem que existe, mas eles simplesmente não conseguem dominar. Este é o centro intuitivo do Chakra da mente e pode facilmente ficar "fora de sincronia" pela mente lógica, racional e consciente que usamos em grande parte do dia. Como você pode ter notado, quando você deixa de perseguir esse pensamento ilusório e continua com uma tarefa não relacionada, a inspiração ou informação parece magicamente vir do nada !








O CHAKRA DA COROA

A preocupação excessiva pode indicar aqui em uma forma física. Uma da formas físicas das mais comuns é quando você vê pessoas segurando a cabeça em suas mãos em desespero ou profunda preocupação; quando elas "simplesmente não sabem o que fazer" ou não podem ver a resposta a uma certa situação. Elas podem se sentir totalmente bloqueadas não sendo capaz de ver um caminho à frente e mantêm a cabeça olhando para baixo.

A maioria dos casos acima se ligam diretamente à sua linguagem corporal. Mas quando você olhar mais profundamente e começa a compreender mais sobre os Chakras e suas ligações para o seu bem-estar mental e emocional, bem como o seu bem-estar físico e espiritual, então, você começa a ter uma visão mais holística do seu verdadeiro potencial e beleza como um espírito humano.


Por :  Davina Skinner

Biografia da Autora :

Davina é um mestre de Reiki e hipnoterapeuta, ela tem trabalhado com algumas das mais recentes tecnologias da aura. Descubra informações mais esclarecedoras sobre os 7 Chakras e os benefícios surpreendentes de compreender a sua melhor energia própria energia, aproximando-se com ela em: http://www.aurasandchakras.com



Fonte : In5D