Psicologia e Ciência Contemporânea, estudo e crescimento de alma Este blog foi criado para aqueles que estão despertando e para os que já estão despertos à Nova Era e à nova consciência. O AMOR INCONDICIONAL, a Compreensão e a Compaixão são os princípios da nova consciência e o acesso a 5ª Dimensão e Dimensões superiores é concedido para todos e é gratuito, e nada está lá fora, tudo está dentro de você e é só acessar. Não precisamos mais de Mestres. Somos nossos próprios Mestres. Seja bem vindo. SOMOS TODOS UM ! PAZ e LUZ! Namastê! Gratidão! Muito Obrigada!

quinta-feira, 31 de março de 2016

ATUALIZAÇÃO DE ENERGIAS - ACONTECIMENTOS GRANDIOSOS ESTÃO OCORRENDO





Março 31, 2016









Estamos vivenciando momentos únicos e grandiosos. Fatores kármicos, emoções e sentimentos mal resolvidos, energias estagnadas e bloqueadas, de todos os tempos, de todas as vidas, desde a época de quando vivemos nos finais dos tempos de Atlântida, estão aflorando nessa época. Os céus de Atlântida e a conjuntura dos astros estão neste momento se alinhando sobre nossas cabeças.

Trazendo isso a compreensão mais prática e em termos de energias da Nova Era da Luz que se iniciou no fim de 2012, este momento é de realinhamento energético para fins de que tudo e todos se equilibrem as energias da quinta dimensional. Isso está ocorrendo em todos os níveis, desde o nosso DNA, limpando arquivos de vidas passadas, sejam doenças, emoções, traumas gravados; seja nos nossos arquivos akásticos dos nossos corpos sutis onde ficam os arquivos da nossa alma. Tudo sendo feito em uma só vida.

Estivemos passando exatamente pela mesma coisa no final de Atlântida e antes do dilúvio, porém, agora, estamos experimentando o caminho ao contrário. Antes, Atlântida que estava na sexta dimensional, estava começando a cair para a terceira dimensional, tudo da Luz começou a ruir e desmoronar. A Terra, naquela época, estava começando a percorrer a trajetória elíptica mais afastada do Sol Central de Alcione, estávamos iniciando o período de 26 mil anos de escuridão que terminou em 2012, com o fim da Era de Peixes. Estamos agora começando a caminhar pela trajetória elíptica mais próxima de Alcione, por isso estamos mais perto da Luz, e vamos seguir assim para os próximos 26 mil anos. 

Mas, ao contrário do que temos sido informados sobre as novas energias, a sensação é que estamos sentindo é de um certo cansaço de tanta escuridão e de tantas pessoas ainda estarem agindo como sempre agiram, com desrespeito ao próximo, muita falta de Amor, pisando uns nos outros para conseguirem seus maus intentos, e tudo o que já estamos esgotados de conhecer. Mais ainda, estamos percebendo algo estranho no ar como se já estivéssemos vivido isso antes, ou que algo muito ruim fosse acontecer num futuro próximo.

Pois é, mas não vai acontecer nada que nossas sensações estão percebendo ou relembrando, mesmo que inconscientemente. Essas sensações são exatamente aquelas que estão arquivadas em nossos registros de vidas passadas, pois que já passamos exatamente por momentos que estamos passando hoje. Ou seja, já vivemos tudo isso, acredite. Mas estamos seguindo cada vez mais para a Luz, a Terra está fazendo a trajetória elíptica para a Luz. Nesse sentido, podemos presumir que nada está piorando ou se destruindo além de tudo aquilo que é necessário para a limpeza e cura de nossas almas e do nosso DNA.

Precisamos compreender que, como Seres de Luz encarnados neste agora, estamos aqui para reaprender a viver na Luz e seguir o caminho para a Luz. Precisamos compreender que nada está neste agora por acaso e que nossa responsabilidade é tamanha e importante como co-criadores da Nova Terra. Viemos da Luz, somos partes do Criador Primordial, e nossa missão agora e fazer o caminho de volta.

O que tenho observado em toda essa vivência do caminhar para a Luz é que existe ainda algo a mais que tenho observado, é que estamos sendo monitorados e observados bem de perto por outros seres que se interessam na nossa ascensão e na ascensão do planeta, e nenhuma de nossas ações estão sendo passadas despercebidas, sendo que, muitas vezes, existem certas coisas que fazemos com as melhores das intenções e que não dão certo porque aquilo não estava exatamente alinhado a quinta dimensional. E, outras vezes, ocorrem situações onde poderiam ocorrer algo de ruim nas nossas vidas, ou que alguém intentou contra nós, e que, por milagre, nada aconteceu de ruim conosco e que tudo foi feito para o nosso bem estar.

E quando falo sobre a Luz não é apenas o fato de se espiritualizar, ou reaprender a acessar a multidimensionalidade, ou expandir a consciência cósmica, ou fazer contatos com seres multidimensionais; mas também existe o fato de trazermos para a vida cotidiana o melhor modo de viver na quinta dimensional e usar esse conhecimento que vamos adquirindo nessa caminhada para transformar a vida ao nosso redor aqui na Terra. Estamos, realmente, com muita responsabilidade neste caminho do despertar multidimensional onde tudo, todos os nossos atos devem estar alinhados a harmonia das leis do Universo que são estas energias amorosas da Luz que chegam ao nosso planeta agora.


Por tudo isso, posso afirmar que Milagres estão acontecendo ! 



Por : Sônia L Pereira



Publicação : Mostradores da Luz





segunda-feira, 28 de março de 2016

POR QUÊ EXISTEM POUCAS PESSOAS ILUMINADAS ?







Março 28, 2016






Outro dia eu li um pequeno texto falando sobre a sabedoria do Buda Gautamae resolvi compartilhar uma breve reflexão sobre ele com você. Vamos?

************

“Uma vez perguntaram ao mestre Buda porque tão poucas pessoas iluminadas existiam. Será que é tão difícil assim perceber a própria iluminação?

Buda respondeu: “Faça uma experiência. Vá ao vilarejo mais próximo e durante todo o dia pergunte a diversas pessoas o que elas mais querem na vida”. Eis que o discípulo foi e voltou no fim do dia para falar com o mestre.

“Conversei com muitas pessoas. Muitas respostas. Algumas querem um bom casamento, outras desejam muito dinheiro, outras almejam fama e poder, e ainda outras querem prestígio, reconhecimento…”

Então Buda respondeu: “Já tens tua resposta. Muito poucas pessoas desejam a iluminação, que é simplesmente uma vida natural e simples. Tão natural que a paz que procuram já está no vento que sopra, no ar que respiram, na nuvem que passa, no sol que aquece, e na chuva que molha”.

***************

Esse texto fala sobre uma grande verdade. Pouquíssimas pessoas estão comprometidas em buscarem a iluminação. Quero antes de mais nada lhe afirmar com todas as letras que eu erro muito e tenho muitos medos que preciso vencer, por saber disso sou incapaz de me considerar um iluminado.

Mas posso lhe dizer com relação a mensagem do Gautama Buda, talvez esteja dentro de uma minoria de pessoas que busca a SABEDORIA e a FELICIDADE autêntica antes de qualquer outra coisa, e isso faz absolutamente toda a diferença.

Já falei inúmeras vezes que a busca por fama, títulos, poder e coisas materiais não pode NUNCA levar ninguém à felicidade e iluminação, porque tudo isso pertence ao mundo da MATÉRIA, do EGO. A única forma de se tornar iluminado é buscando o que é espiritual.

Inclusive acho incrível a perspectiva do Osho sobre isso, ele considera o lado material e o espiritual como duas dimensões na vida, uma horizontal e outra vertical. Compartilhei suas palavras nesse texto abaixo, vale a pena dar uma lida…

As duas dimensões da vida

Quem já leu um pouco sobre o Gautama Buda e tantos outros iluminados certamente já deve ter percebido que eles eram bastante SILENCIOSOS e MEDITATIVOS. Por quê? Exatamente porque só podemos acessar o que há de mais profundo dentro de nós através do silêncio. Iluminação não combina com barulho e dispersões…

Talvez com essa afirmação você esteja começando a compreender porque existem tão poucos iluminados no mundo de hoje, não é mesmo?

Com toda a evolução tecnológica e aceleração do trabalho, quase ninguém consegue mais silenciar e olhar para dentro de si mesmo.

Toda essa distração e dispersão só tem levado a mais desequilíbrios e perda do sentido da vida.

Precisamos nos reconectar com a nossa essência e esse texto é um apelo a isso. Leia com atenção e carinho essas palavras. Será que você não anda correndo demais atrás daquilo que não é o essencial? Será que todo esse estresse que você vem sentindo não é porque você tem medo de parar e confrontar as suas sombras?

Apenas essas duas perguntas são suficientes para longas reflexões. Já escrevi bastante sobre a 1ª, mas se fosse escrever com detalhes sobre a 2ª esse texto ficaria imenso.

O silêncio profundo atemoriza a todos nós, porque no silêncio somos levados a mergulhar dentro de nós mesmos, e nesse mergulho acabamos encontrando todo aquele lixo que vive guardado desde a nossa infância.

Porém, digo a você sem medo! Se quiser ser plenamente feliz, você precisa vencer esse medo de vasculhar o seu passado e todas as dores antigas que você foi jogando para debaixo do tapete, ou seja, para as suas sombras…

Veja o Buda! Ele se tornou um iluminado aos 35 ou 36 anos, após muitos anos de total entrega a isso. Jesus Cristo também passava temporadas e temporadas em retiro, sozinho, para retirar de dentro de si todo medo que ainda existisse. Jesus sentia medo sabia? Ao contrário do que muitos pensam, ele venceu os seus medos porque teve CORAGEM e GARRA, e por isso se tornou um iluminado, talvez o maior avatar da história da humanidade.

Vendo todos esses exemplos, são neles que me miro, o meu ser mais profundo almeja ser pelo menos um pouquinho do que esses avatares foram. Sei que a estrada é longa e tortuosa, mais seus frutos são doces e as sementes lançadas para as pessoas também.

Sigamos juntos essa jornada para dentro de nós mesmos e façamos um check-up geral das nossas prioridades. Só assim poderemos nos tornar, quem sabe um dia, iluminados!

Concluo com esse questionamento. Quais têm sido atualmente as suas PRIORIDADES? A resposta sincera a essa pergunta pode com certeza acender uma luzinha lá dentro do seu coração e lhe fazer se conectar com o seu espírito…

Paz e luz…



Por : Isaias Costa






SOBRE ISAIAS COSTA


Isaias Costa. 26 anos. Sou Bacharel em Física e Mestre em Engenharia Mecânica. Descobri o meu amor pela escrita nas dificuldades que passei no meu caminho, aliado ao prazer de ler sobre Filosofia, Psicologia e Teologia. Este blog trata de assuntos em sua maioria filosóficos, com o objetivo de nos fazer pensar e se questionar sobre as grandes questões da vida. Também escreve nos blogs Artesanato da Mente, Universo de Raul Seixas.  



Origem : Para Além do Agora




Postagem : Mostradores da Luz





sexta-feira, 25 de março de 2016

QUAL A DIFERENÇA ENTRE UM REBELDE E UM REVOLUCIONÁRIO ? - Bhagwan Shree Rajneesh ( OSHO)



Março 25, 2016





Não existe apenas uma diferença quantitativa entre um rebelde e um revolucionário, mas também qualitativa. O revolucionário faz parte de um mundo político. Sua abordagem é pela política. Ele acredita que mudar a estrutura social é o bastante para mudar o homem.

O rebelde é um fenômeno espiritual. Sua abordagem é absolutamente individual. A visão é que, se quisermos mudar a sociedade, teremos de mudar o indivíduo.

A sociedade em si não existe; é apenas uma palavra, como “multidão”, mas ao procurá-la, não vai encontrá-la em lugar algum. Aonde quer que encontra alguém, encontrará um indivíduo. A sociedade é apenas um nome coletivo – apenas um nome, não a realidade – sem nenhuma substância. O indivíduo tem uma alma, tem uma possibilidade de evolução, de mudança, de transformação. Por isso a diferença é enorme.

O rebelde é a própria essência da religiosidade. Ele traz ao mundo uma mudança de consciência – e se a consciência muda, a estrutura da sociedade pode acompanhá-la. Mas a recíproca não é verdadeira – e isso ficou provado por todas as revoluções, pois todas falharam.

Nenhuma revolução conseguiu mudar o homem; mas parece que o homem não sabe disso. Ele continua pensando em termos de revolução, de mudar a sociedade, de mudar o governo, a burocracia, de mudar as leis, os sistemas políticos. Feudalismo, capitalismo, comunismo, socialismo, fascismo – todos eles são revolucionários a seu próprio modo. Todos deram errado, e muito, porque o homem permaneceu o mesmo.

Um Gautama Buda, um Zaratustra, um Jesus – essas pessoas são rebeldes. A confiança deles está no indivíduo. Também não obtiveram sucesso, mas o fracasso deles é totalmente diferente do fracasso do revolucionário. Os revolucionários tentaram sua metodologia em muitos países, de muitas maneiras, e falharam. Mas um Gautama Buda não falhou por não ter sido testado. Jesus não falhou por não ter sido testado. Jesus não falhou porque os judeus o crucificaram e os cristãos o enterraram. Ele não foi testado; não teve uma chance. O rebelde ainda é uma dimensão inexplorada.

Temos de ser rebeldes não-revolucionários. O revolucionário pertence a uma esfera muito mundana. O rebelde e a rebeldia são sagrados. O revolucionário não pode ficar sozinho; ele precisa de um grupo, de um partido político, de um governo. Ele precisa de poder, e o poder corrompe – e o poder absoluto corrompe completamente.

Todos os revolucionários que conseguiram deter o poder foram corrompidos por ele. Não conseguiram mudar o poder e suas instituições; o poder os mudou, mudou sua forma de pensar e os corrompeu. Apenas os nomes ficaram diferentes; a sociedade permaneceu a mesma. A consciência do homem não evolui a séculos. Apenas, de vez em quando, um homem aparece, mas entre milhões de pessoas o surgimento de um homem não é uma regra, é uma exceção. E como ele está sozinho, a multidão não o tolera. Ele se torna um tipo de humilhação para a multidão; sua simples presença se torna uma ofensa, porque ele abre os olhos das pessoas, as torna conscientes de seu potencial e de seu futuro. E machuca o ego o fato de que não fizemos nada para crescer, para sermos mais conscientes, mais amorosos, extasiantes, mais criativos, mais quietos – para deixarmos bonito o mundo ao nosso redor. Não contribuímos com o mundo, nossa existência não tem sido uma benção, mas uma maldição. Nós mostramos nossa raiva, nossa violência, nossa inveja, nossa competitividade, nosso desejo pelo poder. Tornamos o mundo um campo de batalha; temos sede de sangue e deixamos os outros sedentos de sangue. Impedimos a humanidade de ser humana. Ajudamos os homens a agirem de modo subumano, às vezes como animais. É por isso que um Gautama Buda, um Kabir ou um Chuang Tzu ferem, porque eles brotaram, e você está aí, parado. A primavera vai e vem e nada brota em você; nenhum pássaro vem e faz o seu ninho perto de você, ou canta ao seu redor. É melhor crucificar um jesus e envenenar um Sócrates – apenas para eliminá-los – para que você não tenha que se sentir espiritualmente inferior de nenhuma maneira.

O mundo conheceu apenas alguns rebeldes.

Mas agora é o momento: se a humanidade se mostra incapaz de produzir um grande número de rebeldes, um espírito rebelde, então nossos dias na Terra estão contados. Então, este século pode representar o nosso fim; estamos nos aproximando muito desse ponto.

Temos de mudar nossa consciência, criar mais energia meditativa no mundo, criar mais carinho. Temos de destruir o homem antigo e sua feiura – suas ideologias podres, suas discriminações estúpidas, suas superstições idiotas – e criarmos um novo homem com olhos novos, com novos valores. Uma descontinuidade com o passado – esse é o sentido da rebeldia.

Essas três palavras ajudarão você a entender…

Reforma significa modificação. O velho permanece, você dá a ele uma nova forma, um novo formato – um tipo de restauração de um prédio antigo. A estrutura original continua; você a renova, a limpa, faz algumas janelas, algumas portas.

A revolução vai mais fundo do que a reforma. O velho permanece, porém, mais mudanças são introduzidas, mesmo em sua estrutura básica – não apenas mudando sua cor e abrindo algumas portas e janelas, mas talvez construindo outros pisos, fazendo com que fique mais alto. Mas o velho não é destruído; ele permanece escondido atrás do novo. Na verdade, permanece sendo o cimento do novo.

A revolução é uma continuidade do velho. A rebeldia é uma descontinuidade. Não é reforma e não é revolução; é simplesmente desconectar-se a si mesmo de tudo que é antigo; as antigas religiões, as antigas ideologias políticas, o homem antigo – de tudo que é antigo você se desconecta. Você começa uma nova vida, passada a limpo. E, a menos que preparemos a humanidade para começar a vida outra vez – uma ressurreição, uma morte do velho e um nascimento do novo…

É muito importante lembrar que no dia em que Gautama Buda nasceu, sua mãe morreu. Enquanto ele deixava o ventre, sua mãe deixava a existência. Talvez esse tenha sido um fato histórico, pois ele foi criado pela irmã da mãe – não chegou a conhecer sua mãe. E agora se tornou uma idéia comum no budismo que, sempre que um buda nasce, sua mãe morre no mesmo momento; sua mãe não consegue sobreviver. Eu vejo isso como uma indicação muito simbólica e importante. Quer dizer que o nascimento de um rebelde é a morte do velho.

O revolucionário tenta mudar o velho; o rebelde simplesmente surge do velho, assim como a cobra deixa a sua pele antiga e não olha pra trás. A menos que criemos pessoas rebeldes no mundo, o homem não tem futuro. O homem antigo levou a sua raça à morte. É a mente antiga, as ideologias antigas, as religiões antigas – todas elas se juntaram para causar essa situação de suicídio global. Apenas um novo homem pode salvar a humanidade neste planeta, e a bela vida deste planeta.

Eu ensino a rebeldia, não a revolução. Para mim, a rebeldia é uma qualidade essencial de um homem religioso. É a espiritualidade em sua absoluta pureza.

Os dias de revolução terminaram. A Revolução Francesa fracassou, a Revolução Russa fracassou, a Revolução Chinesa fracassou.

Na Índia, vimos a revolução gandhiana falhar, e falhou diante dos olhos de Gandhi. Gandhi ensinou a não-violência durante sua vida toda e, diante de seus olhos, o país foi dividido; milhões de pessoas foram mortas, queimadas vivas; milhões de mulheres foram estupradas. Gandhi foi morto a tiros. É um fim estranho para um santo não-violento. E ele mesmo esqueceu todos os seus ensinamentos. Antes de sua revolução acontecer, um pensador norte-americano, Louis Fischer, perguntou a ele: “O que você vai fazer com as armas, os exércitos e todos os armamentos quando a Índia se tornas um país independente?” Gandhi respondeu: “Vou jogar todas as armas ao mar e mandar os exércitos para trabalhar nos campos e jardins.” Louis Fischer perguntou: “Mas, você se esqueceu de que alguém pode invadir seu país?” Gandhi disse: “Nós daremos as boas-vindas a ele. Se alguém quiser invadir nosso país, nós o aceitaremos como um convidado e diremos: “Você também pode viver aqui, assim como vivemos. Não é preciso brigar.”

Mas ele se esqueceu completamente de sua filosofia – é assim que as revoluções falham. É muito bonito falar sobre essas coisas, mas quando o poder passa para suas mãos… primeiro, Mahatma Gandhi não aceitou nenhum cargo no governo. Foi por medo, por que como ele responderia ao mundo todo? E quanto a jogar as armas ao mar? E quanto a mandar os exércitos para trabalhar nos campos? Ele fugiu da responsabilidade pela qual ele lutou a vida inteira, vendo que isso criaria grandes transtornos a ele; teria de contradizer sua própria filosofia.

Mas o governo era formado por seus próprios discípulos, escolhidos por ele. Ele não pediu a eles que dissolvessem os exércitos, pelo contrário. Quando o Paquistão atacou a Índia, ele não disse ao governo Indiano: “Podem ir à fronteira recepcionar os invasores como convidados.” Em vez disso, ele abençoou os primeiros três aviões que foram bombardear o Paquistão. Os aviões sobrevoaram o vilarejo no qual ele estava, em Nova Délhi, e ele saiu no jardim para abençoá-los. E com essa benção, eles partiram para destruir sua própria gente, que dias antes eram seus irmãos e irmãs. Sem o menor pudor, sem perceber a contradição.

A Revolução Russa falhou diante dos olhos de Lenin. Ele estava pregando de acordo com Karl Marx, que “quando a revolução acontecer, dissolveremos o casamento, porque o casamento é parte de uma propriedade privada; se a propriedade privada acabar; o casamento também vai acabar. As pessoas podem ser amantes, podem viver juntas; as crianças serão cuidadas pela sociedade.”

Mas, quando a revolução deu certo, ele viu a magnitude do problema: cuidar de tantas crianças… quem ia cuidar das crianças? E quanto a dissolver o casamento… pela primeira vez, ele viu que a sua sociedade depende da família. A família é uma unidade básica – sem a família, sua sociedade será dissolvida. E isso será perigoso – seria perigoso criar uma ditadura do proletariado, porque as pessoas serão mais independentes se não tiverem responsabilidades com a família.

Você pode perceber a lógica. Se as pessoas tiverem as responsabilidades com as esposas, com os pais idosos, com os filhos, elas ficarão tão carregadas que não poderão ser rebeldes. Elas não podem ir contra o governo, terão muitas responsabilidades. Mas se não tiverem responsabilidades, se os idosos forem cuidados pelo governo – como prometeram antes da revolução – se as pessoas forem cuidadas pelo governo e se elas puderem viver juntas durante o tempo que se amarem, elas não precisam ter permissão para se casar, não precisam de divórcio; isso é assunto pessoal delas e o governo não tem o direito de interferir…

Mas ao saber que o poder estava nas mãos do partido comunistas e que Lênin era o líder, tudo mudou. Uma vez que o poder recai em suas mãos, as pessoas começam a pensar de modo diferente. O pensamento era que, deixar as pesssoas independentes de responsabilidades, é perigoso – elas ficarão muito individualistas. Portanto, mantenha-as sobrecarregadas com a família. Elas continuarão escravas de pais idosos, de uma esposa doente, dos filhos e da educação que eles precisam receber. Elas não terão tempo e coragem para se voltar contra o governo de maneira alguma. A família é uma das maiores armadilhas que a sociedade tem usado por milênios para escravizar um homem. Lênin deixou para trás todas as idéias de desfazer as famílias. É estranho o modo com que as revoluções falharam. Elas falharam nas mãos dos revolucionários, pois uma vez que o poder chega às mãos deles, eles começam a pensar de maneira diferente.

E se tornam muito presos ao poder. E o esforço que eles fazem é para deter esse poder para sempre, para manter as pessoas escravizadas.

O futuro não precisa de mais revoluções. O futuro precisa de uma nova experiência que ainda não foi testada. Embora há milhares de anos existam rebeldes, eles permaneceram sozinhos – indivíduos. Talvez o tempo não estivesse amadurecido para eles. Mas agora, o tempo não só está maduro… se eles não se apressarem, o tempo chegará ao fim. Até o final deste século, ou o homem desaparecerá, ou o novo homem com uma nova visão aparecerá na Terra. Ele será um rebelde.


Do Livro :  O Convidado ( The Guest ) - ano 1979 - Capítulo 2 - de Bhagwan Shree Rajneesh ( OSHO)







Postagem : Mostradores da Luz






terça-feira, 22 de março de 2016

O AQUAEDRO E AS TRÊS GRADES PLANETÁRIAS






Março 22, 2016










O movimento começou, finalmente depois de 32 anos da minha vida, o movimento começou.

No dia 10/01/2016, no kin 22 do Calendário Maia, como já dizia a profecia Maia, foi aberto um portal de ativação galáctica pro ancoramento no planeta do marco zero e da Nova Convergência Harmônica.

O marco zero é o ponto inicial onde à partir desse data, será mudada toda a contagem do nosso tempo atual, assim como aconteceu no início da Era de Peixes pela igreja católica e acontece sempre desde que o homem se estabeleceu no plano terrestre na terceira dimensional, há 230 mil anos atrás e sente a necessidade de uma maior evolução.

Nesse dia, começou a ser co-criada também a grade cristalina no Brasil, pois desde 1992 a grade cristalina no Planeta foi ancorada pelo querido Drunvalo Melchizedek e ativada de acordo com o planejamento programado no ano de 2001.

Não existe um, mas três modelos de grade envolvendo o nosso querido planeta e afetando a nossa vida cotidiana aqui na Terra. Os três são separados, mas intrincadamente relacionados. Os três tornam-se um.

As grades possuem funções separadas e específicas, assim também como todos nós, que à partir desse momento começaremos a descobrir, não só a nossa função específica no mundo, como também o nosso propósito em comum.

As grades se relacionam individualmente com o Campo Gravitacional Planetário, o Eletromagnetismo telúrico e a grade da Consciência Cristalina.

A Grade da Gravidade e a Grade Eletromagnética foram ajustadas em diversas ocasiões, desde que o homem se estabeleceu no plano terreno há 230 mil anos atrás, o conceito de grades planetárias não é novo, Platão teorizou essa ideia com os seus 5 sólidos, Arquimedes também teorizou essa ideia com os seus 13 sólidos baseados nos 5 sólidos platônicos, os antigos Egípcios, os Maias e os Índios Hopi construíram as grades até a geometria sagrada Icosaedro, mas nunca na história da humanidade foi construído um dos sólidos de Arquimedes chamado rombicosidodecaedro, o Aquaedro, que está sendo construído desde janeiro de 2016 ao redor do nosso querido Planeta.

Esse ano está sendo um ano muito diferente, realmente único, marcado pelo início de muitos eventos, astrológicos e físicos que anunciam um grande despertar, sim é o início, é o início da grande Era raiar...

Os mensageiros anunciam, é um tempo novo, é o tempo novo de despertar... despertar...



Rio de janeiro, Brasil, América do Sul, 17/02/2016.







Postagem : Mostradores da Luz




sábado, 19 de março de 2016

ENTRAMOS EM UMA NOVA LINHA DE TEMPO ATRAVÉS DO ECLIPSE DE ENERGIA




Março 19, 2016








Bem-vindo Seres de Luz Amados,


O Eclipse de 8 / 9 de março foi um dos eclipses mais poderosos que me lembro. As energias começaram a chegar uma semana  antes e continuaram até hoje 12 de março, e finalmente, estou recebendo algum alívio a partir de hoje, as ondas de energia  apenas se mantém  chegando. Muitos têm experimentado um dia de fadiga e, no dia seguinte, um dia bem equilibrado de bem estar. Um sentimento parecido como a eletricidade correndo através de suas veias. Eu experimentei a mesma coisa e mais ainda, me sentindo ancorada a isso por dias a fio. Eu fui capaz de dormir um pouco na noite passada, mas por toda esta semana eu tenho dormido um pouco mais do que algumas horas a cada noite. Tivemos alguns momentos de desprendimento completo enquanto as energias fluíam. Pode-se comparar com a síndrome das pernas inquietas na medida que as energias percorreram o corpo com  a velocidade de um relâmpago. A vibração do planeta já está elevada. Nós somos os canais para que essa energia flua. Sou grata por todo o serviço das outras pessoas neste processo de Ascensão.

Este eclipse tem causado um grande upgrade em nossos corpos de luz e com isso tem acontecido que o nosso corpo poderá ficar sem combustível em muitos níveis por muitos dias. Por favor, verifique a ingestão de vitaminas e minerais durante este tempo, incluindo a adição de superalimentos para a sua dieta. Isso seria alimentos que têm um super impulso de energia saudável natural para o corpo com a combinação de muitas vitaminas e minerais na mesma comida. Certifique se seus níveis de cálcio, ferro, vitamina D e magnésio estão normais. Eu recentemente desisti de laticínios e passei para uma alternativa natural e tenho me aventurado a substituí-los para as vitaminas e minerais necessários.

Nosso CORPO DE LUZ passou por grandes mudanças nesta linha do tempo e nós começamos a sair do outro lado. As mudanças de DNA para o corpo de luz podem ser ásperas e podemos experimentar momentos em que precisamos nos reagrupar e nos certificar se todos os nossos aspectos na 3D estão sendo cuidados para tornar o processo do corpo de luz o mais suave possível.

Os eclipses realizam tantas atualizações e novos insights surgem com ele, assim como eu falei no meu artigo antes do eclipse. Estamos AGORA surgindo com uma nova marca de luz no nosso ser e em um novo cronograma.

Você se percebe pensando : Por que eu fiz isso (Introduza sua própria experiência) no passado, quando eu deveria ter apenas feito outra coisa se tivesse sido mais auto amorosa e tudo seria muito mais fácil. Esta é a nova linha do tempo que estamos entrando. Temos agora uma 5D muito maior e acima da realidade para ser capaz de ver todos os aspectos de uma situação que não eramos capazes de ver antes.

Primeiro que vacilamos por ter tido uma experiência especialmente difícil, pois nós somos os forjadores do caminho da nova luz que está entrando. Nós somos os primeiros a ver coisas novas e de sermos capazes de ligar os pontos do que isso significa. Continue trabalhando sobre isso, você vai ver as conexões e este é o nível e o caminho para os reinos mais elevados.

Vamos agora ver mais transparência em todas as coisas. Podemos ver agora as razões dos outros se comportarem e agir da maneira que eles assim o fazem. Podemos ver as motivações e agendas por trás do que eles fazem e o que eles dizem. Este é um aspecto psíquico muito importante que não deve ser menosprezado. Para o nosso amor próprio, é vital que estejamos conscientes do que está acontecendo com outros que estão ao nosso redor.

Permanecendo na sua base do coração, assim se torna fácil de ver entre o que alguém diz e o que as pessoas realmente são. O objetivo é centrar em seu coração durante cada encontro, para que possa pegar informações mais psíquicas sobre a pessoa. Isto lhe dará uma visão sobre quem eles são realmente. Mas nós também precisamos estabelecer limites, nosso círculo de amizade pode se tornar menor e isso está  ok, a forma de como outros pensam é a chave para manter as vibrações de altas.

Você pode tocar em  própria essência da sua autêntica alma, é isso o que é o corpo de luz. O corpo de luz não esconde nada de ninguém, toda a verdade é revelada. Esta é a verdadeira maneira de ser nos reinos mais elevados. Esta transparência está agora sendo entregue a cada um de nós a medida que nos movemos mais plenamente na concepção do corpo de luz.

Agora MAIS DO QUE NUNCA nos movemos para a nossa própria e  autêntica alma Pura, que passou por muitas vidas antes, aquela que sabe muito mais do que nós mesmos e aquela que nos ama incondicionalmente. Para amar a nós mesmos nesta realidade é um trabalho de autênticos mestres espirituais.




Conforme caminhamos para as próximas ondas de energia do Equinócio de 20 de março e o Eclipse Lunar de 23 de Março, devemos estar conscientes de que já estamos integrando o corpo de luz e dos ENORMES surtos que acabamos de passar.

Se você puder limpar todo o seu calendário para esses dias, seria uma coisa auto amorosa para absorver as energias e passar o tempo se alinhando com o Universo nestes dias sagrados que se aproximavam. Meditação, alimentos leves, aterramento e alinhar os chakras são boas práticas para ficar por dentro dessa energia, especialmente em épocas de altas atualizações. Março será um mês de altas energias e muitas ondas. Temos de reconhecer esta energia e acolher as atualizações conforme elas chegam. Há outras coisas que ajudam, vou falar sobre isso mais tarde.

Nós agora podemos olhar para todos os seres com compaixão, porque eles estão tentando fazer o seu caminho, assim como todos os outros estão também. A diferença entre uma vida baseada no medo e uma  vida com base no amor próprio está a milhas de distância. O ser baseado no medo procura controlar e ter poder sobre os outros, o mestre auto amoroso procura compreender nos outros a sua essência única e aprecia cada pessoa por sua contribuição a este belo universo em que vivemos.

É apenas uma questão de tempo até que estas energias cheguem a todos no planeta e eles não terão escolha, senão integrá-las em suas vidas. Veremos isso logo de cara e vai ser um momento de alegria. 
Grandes mudanças estão logo à frente.

Eu amo todos vocês ! Em serviço e amor




Sobre Daine Canfiled
Professora da Ascesão - Física Medium - Contato com as Raças Estelares - Epecialista em Onda

Copyright © 2016 por Diane Canfield. Todos os direitos reservados. Você pode copiar e distribuir este material, desde o artigo completo em si está incluído. 



Publicação : In5D


Tradução : Sônia L Pereira






quinta-feira, 17 de março de 2016

AS DUAS DIMENSÕES DA VIDA






Março 17, 2016








Cada vez mais eu me convenço de que um sentido mais profundo para a vida acontece quando olhamos para dentro de nós mesmos e encontramos nossos tesouros internos que estavam obscurecidos pela nossa limitada visão completamente dominada pelo EGO.

Talvez o maior desafio na nossa vida seja nos desvencilharmos desse enorme poder do ego sobre nós, mas isso é possível, só requer de nós um comprometimento e uma busca constante pelo crescimento em consciência.

Outro dia li algumas palavras do místico oriental Osho e fiquei encantado com a sua visão tão simples e ao mesmo tempo tão profunda. No texto, ele falava sobre as duas dimensões da vida. Veja!

“A vida possui duas dimensões.

Uma é horizontal — na qual todos vocês estão vivendo, na qual vocês estão sempre pedindo por mais e cada vez mais e mais. A quantidade não é a questão; nenhuma quantidade vai satisfazê-los. A linha horizontal é a linha quantitativa. Você pode ir seguindo sem parar. Ela é como o horizonte — à medida que você segue adiante, o horizonte continua recuando. A distância entre você e a meta do seu “cada vez mais”, a meta do desejo, permanece sempre a mesma.

Ela era a mesma de quando você era uma criança, era a mesma de quando você era jovem, será a mesma quando você for idoso. A distância permanecerá a mesma até o seu último suspiro.


A linha horizontal é uma ilusão.

O horizonte não existe, somente aparenta — lá, talvez a apenas algumas milhas de distância, o céu esteja encontrando-se com a terra. Eles não se encontram
jamais. E a partir do horizonte vem a linha horizontal — sem fim, porque a meta é ilusória; você não pode torná-la realidade.

E a sua paciência é limitada, seu período de vida é limitado. Um dia, você percebe que tudo parece fútil, sem significado: “Estou me arrastando sem necessidade, me torturando, chegando a lugar nenhum…” 

Aí então o oposto surge em você — “Destruir-se. Não vale a pena viver, porque a vida promete, mas jamais dá o prometido.”

Mas a vida tem uma outra linha — uma linha vertical.

A linha vertical se move em uma dimensão totalmente diferente. Em tal experiência, por um momento, você vira sua face na direção vertical. Você não está pedindo — eis por que está recebendo.Você não está desejando — eis por que tanto torna-se disponível a você.

Você não tem uma meta — eis por que você se aproxima tanto dela. Devido a não haver nenhum desejo, nenhuma meta, nenhuma pergunta, nenhum pedido, você não tem qualquer espécie de tensão — você está completamente relaxado.

Nesse estado relaxado está o encontro com a consciência.

O medo surge no momento em que você chega ao ponto de dissolver sua última parte, porque, então, será irrevogável: você não será capaz de retornar.”

Osho

Ao ler essas palavras, levei esses ensinamentos para a minha própria vida. Também já tive esses desejos do ego de querer TER mais e mais e mais, porém, como sou muito observador e convivo diariamente com pessoas em condições financeiras extremamente favorecidas, eu olho para elas em suas realidades me questionando quanto à felicidade. Eu vejo claramente que elas não são mais felizes do que eu, além disso, percebo também na maioria uma ansiedade e inquietação muito grandes.

Essa ansiedade é exatamente pela grande carga de trabalho que se impõem para que possam manter um padrão de vida alto, entende?

Mas esse caminho não nos leva para a transcendência. Não estou dizendo que exista certo ou errado, nada disso, só estou dizendo que essa é a dimensão do HORIZONTAL. Quanto mais você cresce no mundo da matéria, mais o horizonte vai se distanciando e você percebendo que esse afastamento nunca tem fim.

Até que chega o momento do DESPERTAR, você carrega muitas dores e sofrimentos e por conta dessas dores você procura UM CAMINHO DIFERENTE. É nessa hora que a dimensão vertical começa a aparecer diante de seus olhos.

Tudo muda, suas preferências, seus anseios, seus amigos, seu trabalho, seus hábitos. Uma nova vida começa a ser construída passo a passo, e essa mudança gera sim muito MEDO em todos nós, mas nessa hora vem a grande verdade das palavras finais dele: você não será capaz de retornar…

Eu sou prova viva dessas palavras. Mudei radicalmente meu jeito de ser e minha filosofia de vida. Agora me pergunte se quero voltar a ser como era antes? Ou se cogito a possibilidade de me inserir em ambientes e práticas que fizeram parte da minha vida no passado? A minha resposta será um sonoro e decidido NÃO.

Isso é libertador, porque mostra para mim que de fato estou no caminho certo e estou crescendo em consciência, estou seguindo pouco a pouco pela dimensão do vertical e com a vontade de subir e subir e subir ainda mais.

Tudo são ESCOLHAS. Eu estou escolhendo seguir por esse caminho, mas cada um de nós possui o livre arbítrio e pode com certeza continuar seguindo pela dimensão do materialismo, a dimensão do horizontal, do EGO.

Mas quer saber de uma coisa legal? Provavelmente você não quer mais continuar seguindo por esse caminho. Se você está lendo esse texto e continuou a leitura até esse ponto, só isso já prova que você quer seguir pela dimensão vertical. Esse blog é acessado apenas pelas pessoas que estão com esse desejo. Lembra que semelhante atrai semelhante? É por isso que eu sei disso!

Portanto. Que essa breve reflexão tenha feito você refletir sobre isso e tenha lhe motivado a continuar seguindo pela dimensão vertical, pois quanto mais você seguir por ela, menos vontade terá de seguir pela dimensão horizontal e menos o EGO terá influência sobre sua vida e suas escolhas.

Paz e luz…


Por : Isaias Costa




SOBRE ISAIAS COSTA

Isaias Costa. 26 anos. Sou Bacharel em Física e Mestre em Engenharia Mecânica. Descobri o meu amor pela escrita nas dificuldades que passei no meu caminho, aliado ao prazer de ler sobre Filosofia, Psicologia e Teologia. Este blog trata de assuntos em sua maioria filosóficos, com o objetivo de nos fazer pensar e se questionar sobre as grandes questões da vida. Também escrevo nos blogs "Para além do agora" e "Universo de Raul Seixas". www.paralemdoagora.wordpress.com,www.universoderaulseixas.wordpress.com.  Sejam todos bem-vindos ao "Artesanato da mente"...






Postagem : Mostradores da Luz